Grupos sociais se mobilizam para comemorar Dia das Crianças

Grupos Juvec e Juventude Mariana se fantasiam para festa das crianças. Por: Divulgação

Grupos Juvec e Juventude Mariana se fantasiam para festa das crianças

Fonte: Divulgação

Pensando em tornar o 12 de outubro, Dia das Crianças mais feliz, alguns grupos ou comunidades de Ivaiporã promovem há vários anos ações beneficentes e organizam festas especiais para as crianças, com arrecadação de brinquedos e guloseimas para fazer o dia dos pequenos inesquecível.

Na paróquia Espírito Santo, por exemplo, a festa coordenada pelos grupos Jovens Unidos Vivendo em Cristo (Juvec) e Juventude Mariana, existe há mais de 10 anos, e é realizada no salão paroquial para aproximadamente 300 crianças do município, graças à coleta que é feita durante o ano todo com promoções e doações da comunidade.

O movimento é encabeçado pela coordenadora do Juvec, Heloísa Hruba; coordenadora da Juventude Mariana, Larissa Carvalho; e pelas integrantes do Juvec, Mariana Bonifácio e Stefany Prado, contando com a colaboração dos demais jovens. “O objetivo é fazer um dia diferente para as crianças, que são carentes”, comentaram as jovens.

Além dos brinquedos que são arrecadados (bonecas e bolas), os organizadores alugam brinquedos infláveis, fazem brincadeiras antigas como estátua e pinturas de rosto, e servem bolo, cachorro quente, doces, sorvete e refrigerante para a alegria dos pequenos. “Ao todo, no dia 12 de outubro são em torno de 30 pessoas trabalhando, que vêm fantasiados para melhor interagir com as crianças. O sentimento é de gratidão por proporcionar esse momento em que é visível a felicidade e eles retribuem com gestos de carinho que não tem preço”, mencionaram as coordenadoras.

Quem também promove uma ação solidária em prol das crianças é a presidente do Conjunto João de Barro, Lurdes Talarico. A líder comunitária lembrou que, desde 1988, todo dia 12 de outubro faz uma festa para as crianças carentes da vila, inspirada no exemplo da mãe dela.

Lurdes Talarico ressaltou que para realizar a ação social conta com ajuda de parceiros como o Sesc e empresários do município, que fazem a doação de brinquedos (bolas e bonecas), além de comidas que são servidas na festa.

Ela destacou que o principal é poder proporcionar alegria para aqueles que participam da festa. “O sentimento é de felicidade por estar proporcionando essa alegria há cerca de 200, 300 crianças, durante tantos anos”, afirmou Lurdes Talarico.

A presidente do Conjunto João de Barro finalizou frisando que apesar de, desde o ano passado, o salão comunitário do bairro estar impedido de receber a ação por conta de um destelhamento, a festa aconteceu no ano passado para aproximadamente 50 alunos do curso de informática básica do Conselho das Associações de Moradores de Ivaiporã (Cami). “A comemoração neste ano também será somente para os alunos do Cami, mas espero que, no ano que vem, possa voltar a fazer a festa no salão da comunidade do Conjunto João de Barro”, encerrou.