Idosa é vítima de estelionatário em Lunardelli

Imagem da notícia.

Uma senhora de 76 anos entrou em contato com a Polícia Militar do destacamento de Lunardelli, alegando ter sido vítima de um estelionatário. Segundo seu relato, no dia 25 de setembro, um homem, de aproximadamente 30 anos e dirigindo um carro novo, chegou em sua casa e se apresentou como funcionário do banco, onde ela tem conta corrente. O golpista usava roupa social e estava bem arrumado.

Ele disse que tinha ido até a residência para verificar se o cartão de sua conta no banco estava em ordem e solicitou a entrega do cartão. Ele olhou o cartão e devolveu à vítima, que não percebeu a troca dos cartões.

Na segunda-feira, dia 30 de setembro, quando se dirigiu ao banco em Lunardelli, ela foi informada pela atendente que o cartão que ela portava não estava no nome dela e que da sua conta corrente foram feitos 2 saques, um de R$ 150 e outro de R$ 1 mil. A vítima informou aos policiais militares que não deu a senha do cartão para o golpista e que, mesmo assim, ele conseguiu realizar os saques. O cartão foi cancelado e a vítima orientada a registrar o Boletim de Ocorrência.

Comentários