Investimento em pavimentação pode chegar a R$ 2,3 milhões em Lunardelli

Prefeitura de Lunardelli investe na pavimentação de ruas

Prefeitura de Lunardelli investe na pavimentação de ruas

A Prefeitura de Lunardelli planeja investir, até o final do ano de 2020, cerca de R$ 2,3 milhões em pavimentações asfálticas novas na área urbana do município. Segundo o prefeito Reinaldo Grola, o município já investiu com recursos próprios e de emendas, junto ao Governo do Estado e Governo Federal, cerca de R$ 1,5 milhão, sendo já pavimentados trechos das ruas Rui Barbosa, Piauí, no Conjunto Odilon Carvalho, entre outros.

Para os próximos 15 meses, já estão praticamente garantidos cerca de R$ 1,7 milhão, sendo que R$ 800 mil serão conseguidos por meio de financiamento junto a Paraná Cidade, órgão vinculado ao Sedu (Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano), em que serão executadas obras de CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente) em trechos das ruas Minas Gerais, Dom Pedro II, Sete de Setembro, Castro Alves, abrangendo também o bairro Vila do Agraste. Atualmente, esses locais estão apenas com cascalho e não contam com galerias de águas pluviais, calçadas, meio-fio e arborização. A solicitação está tramitando junto à agência Fomento Paraná e as últimas correções no projeto técnico estão sendo feitas pela equipe de engenharia da Prefeitura. A expectativa é que a autorização para licitação dessa pavimentação ocorra ainda nesse ano.

Além disso, o município também tem garantido recursos de emendas federais. Cerca de R$ 500 mil serão aplicados no Conjunto Habitacional Odilon Carvalho, provenientes de duas emendas dos deputados Stephanes Júnior e Gleisi Hoffmann. Há também uma emenda do deputado federal Sérgio Souza, no valor de R$ 400 mil, mas o local onde será aplicada ainda não foi definido. “Sem dúvida, esse é o maior volume de recursos já aplicados na história de Lunardelli, em obras de pavimentação asfáltica”, afirma o prefeito.

Ele ressalta que a pavimentação asfáltica é uma das prioridades da sua gestão e, desde que assumiu o município, o objetivo era zerar a questão do asfalto e levar esse benefício para os locais onde ainda não havia pavimentação. “Além da valorização do imóvel, esse tipo de obra também melhora a autoestima das pessoas, que não sofrem mais com barro ou poeira e podem, inclusive, se motivar para melhorar seus imóveis”, comenta o prefeito.

Ele lembra que alguns imóveis localizados em ruas que receberam pavimentação tiveram o valor aumentado em duas e até três vezes.

Comentários