Alusões históricas para usar em suas redações

Imagem da notícia.

A alusão é uma figura de linguagem originária do latim allusio, que significa “referência”, “citação”. Bastante utilizada na língua portuguesa, é aplicada para exemplificar ideias fazendo comparações com algo parecido. Nas redações dos vestibulares, principalmente do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), além de apresentar a estrutura básica da redação, algo que é valorizado durante a correção são as técnicas utilizadas pelos estudantes para demostrar o conhecimento no assunto abordado, tais como citações de livros, pensadores e até filmes, séries e documentários que condizem com a proposta de redação.

Era Vargas

Na Era Vargas (1937-1945), houve forte censura em diversos meios sociais, dentre eles, a imprensa. Esta informação pode ser usada em vários temas, como censura, poder do Governo, falta de democracia, entre outros temas enfocados.

A Grande Depressão

Começou com a Crise de 1929 e persistiu ao longo da década de 1930 em todo o mundo. Afetou diversos países. Em 29 de outubro de 1929 havia 13 milhões de ações à venda, mas faltavam compradores. O resultado foi que os preços das ações despencaram, ocorrendo a famosa quebra da Bolsa. O resultado disso foi que milhares de bancos, indústrias e empresas rurais foram à falência e pelo menos 12 milhões de norte-americanos perderam o emprego. Esta alusão pode ser utilizada em temas que envolvam pobreza, crise econômica, economia sustentável e até mesmo consumismo.

Grécia Antiga

Quem nunca ouviu falar dos deuses gregos? Esta cultura pode ser abordada nos dias de hoje, e há diversos mitos muito interessantes, como o de Narciso (pode ser abordado em temas que envolvam culto à beleza). Além disso, a cultura Grega Clássica, especialmente a filosofia, teve uma influência poderosa sobre o Império Romano, que espalhou a sua versão dessa cultura para muitas partes da região do Mediterrâneo e da Europa, razão pela qual a Grécia Clássica é geralmente considerada a cultura seminal da cultura ocidental moderna. Os pensamentos de vários filósofos desta época podem ser abordados, hoje em dia, em diversos temas.

Império Romano

Roma Antiga foi uma civilização itálica que surgiu no século VIII a.C. Localizada ao longo do Mar Mediterrâneo e centrada na cidade de Roma, na Península Itálica, expandiu-se para se tornar um dos maiores impérios do mundo antigo. Através da conquista e da assimilação, ele passou a dominar a Europa Ocidental e Meridional, a Ásia Menor, o Norte da África e partes da Europa Setentrional e Oriental. Pode ser abordado ao se falar sobre direito, política, engenharia, além de outros temas.

Transferência da corte portuguesa para o Brasil

Em janeiro de 1808, Portugal estava preste a ser invadido pelas tropas francesas comandadas por Napoleão Bonaparte. Sem condições militares para enfrentar os franceses, o príncipe regente de Portugal, D. João, resolveu transferir a corte portuguesa para sua mais importante colônia, o Brasil. Esta vinda transformou o país em diversos aspectos; houve muitas mudanças em infraestrutura, cultura, educação. Nos seus primeiros anos, a Administração Pública no Brasil passou pela fase do patrimonialismo, ou seja, confusão entre patrimônio público e privado e muito, muito roubo dos cofres públicos. Vale abordar a alusão ao se falar sobre a cultura brasileira e sobre a crise econômica de nosso país.

Continua na próxima semana.

Comentários