Reunião trata da utilização do novo cemitério de Pitanga

Reunião apresenta funcionamento do novo cemitério municipal

Reunião apresenta funcionamento do novo cemitério municipal

A Prefeitura de Pitanga está finalizando os estudos relacionados à concessão do novo cemitério municipal de Pitanga. Segundo o secretário de governo, Marcelo Romero, na semana passada, durante audiência pública, foi apresentado o novo modelo de concessão que está sendo estudado para a organização dos serviços funerários em Pitanga.

O novo cemitério municipal está em fase final de construção, já com meio-fio, calçadas e preparação para colocação dos jazigos. Além disso, o espaço já foi cercado e murado e, nos próximos dias, a guarita e demais adequações estarão prontas. Isso possibilitará que, até o final de outubro ou início de novembro, o espaço possa começar a ser utilizado.

No entanto, antes de iniciar as atividades no novo local, os serviços funerários em Pitanga terão que passar por uma nova adequação de legislação, tanto ao código tributário como a readequação de valores e, para isso, um projeto de lei está sendo encaminhado para a Câmara de Vereadores, com algumas mudanças, entre elas, a criação de uma central que vai regular a exploração do serviço no município e também a utilização do novo e do antigo cemitério. Um dos problemas enfrentados no antigo espaço de sepultamento é que alguns túmulos estão abandonados e, segundo Marcelo Romeiro, apesar das famílias terem uma concessão perpétua dos túmulos, eles precisam ser cuidados, caso contrário, depois de alguns anos de abandono, a prefeitura pode retomar o terreno e colocar os restos mortais em um ossuário e liberar o terreno para que outras pessoas possam usar o espaço.

Marcelo Romero ressalta que a nova etapa do cemitério municipal exige uma concessão pública, assim como a licença ambiental e uma série de situações para aplicar a nova legislação, que serve para atender também os cemitérios já existentes no município, principalmente no interior.

Comentários