Ana Bolognini é campeã brasileira de fisiculturismo

Ana Bolognini conquista título brasileiro de fisiculturismo. Por: Antonello Nadal

Ana Bolognini conquista título brasileiro de fisiculturismo

Fonte: Antonello Nadal

A atleta ivaiporãense Ana Paula Bolognini sagrou-se campeã brasileira no 50º Campeonato Brasileiro de Fisiculturismo e Fitness realizado em Limeira, interior de São Paulo, no início de agosto.

Ana Bolognini, que havia sido 4ª colocada no ano passado, dessa vez venceu outras seis concorrentes e garantiu o título da categoria Bikini Fitness na altura de 1,66cm, além de ter ficado em 2º lugar no Overall, que quer dizer a melhor entre as melhores. O título credenciou a personal trainner a disputar qualquer competição internacional da modalidade. “Gratidão pelo resultado alcançado com muito esforço e dedicação, abrindo mão de coisas e com foco na competição e no emocional para ser top 1 e em breve viver do esporte. Faço por prazer e amor ao fisiculturismo. Vesti a camisa quando decidi ser atleta e investi no meu sonho”, disse a campeã brasileira.

Segundo ela, o objetivo é participar das competições internacionais e conseguir o Pró-Card para se tornar uma atleta profissional e viver do esporte. Ainda esse ano, a atleta disputará o Campeonato Sul Brasileiro, em Itajaí (SC) e, no ano que vem, participará do Campeonato Ângela Borges, que ocorre em fevereiro, em Balneário Camboriu (SC); e do Arnold, que acontece na África do Sul, em maio, ambas as competições de nível internacional.

Nos próximos eventos, Bolognini revelou que o foco é melhorar e chegar com condicionamento físico diferenciado do apresentado no Campeonato Brasileiro. “O fisiculturismo busca a evolução do físico e minha evolução foi muito grande nos 40 dias que separaram o Campeonato Paranaense do Brasileiro. No entanto, para o Sul Brasileiro o foco é melhorar ainda mais”, frisou.

Para seguir entre as tops da modalidade, Ana Bolognini contou que segue um protocolo de treinos. Até setembro ela inicia um mini off seasson, que consiste em uma ingestão calórica um pouco maior e os treinos ficam mais intensos com relação a construção muscular. Em outubro, inicia o pré-context, onde a ingestão calórica diminuiu, o percentual de gordura cai e “limpa” o físico, preparando o condicionamento para o palco, combinado a treinos de intensidade alta e aumento no número de cardios.

A atleta agradece a equipe, patrocinadores e apoio da família, que mesmo à distância foi fundamental para a conquista do título nacional.

Comentários