Temperatura em Ivaiporã chega a -1º

Geadas são registradas em Ivaiporã na manhã do sábado, 6 de julho. Por: Divulgação

Geadas são registradas em Ivaiporã na manhã do sábado, 6 de julho

Fonte: Divulgação

O sábado, dia 6 de julho, amanheceu gelado na região central, com temperaturas negativas e que provocaram geadas em várias áreas de pastagens e lavouras, além de embranquecer a paisagem urbana em alguns parques e praças. Quem teve que sair cedo para trabalhar, caprichou nas roupas de frio e na disposição para encarar o vento frio, que deixou a sensação ainda mais gelada. Segundo informações da unidade da Coamo de Ivaiporã, a temperatura registrada na estação meteorológica da unidade chegou a -1º, a menor temperatura do ano. No entanto, ainda não é possível avaliar a extensão da geada e principalmente se haverá prejuízo as lavouras de trigo e nas pastagens.

Já em Pitanga, a unidade da Coamo registrou a temperatura de -2º. Segundo o gerente da unidade, Valdemir de Paula Barbosa, o frio intenso pode ter causado a chamada geada negra, que é quando acontece a queima da vegetação, em razão dos ventos frios muito fortes, mas sem o acumulo de gelo nas plantas. No entanto, ainda é cedo para tentar avaliar se houve prejuízos consideráveis as lavouras, principalmente de trigo e nas pastagens.

Já para esse domingo, dia 7 de julho, a previsão do Simepar é que tanto Ivaiporã, como Pitanga estejam na área em que a previsão de gerada é moderada. A previsão de geada forte, principalmente para Boa Ventura do São Roque e Turvo. Já a partir de segunda-feira, dia 8 de julho, a tendência é que as temperaturas comecem a subir e o risco de geada fica menor. Para o restante da semana, a previsão é de tempo claro e temperaturas em elevação, Na terça-feira, dia 9 de julho, por exemplo, a temperatura deve variar entre 7º a 21º em Ivaiporã e de 5º a 20º em Pitanga.

Imagem da notícia. Por: Divulgação

Fonte: Divulgação

Imagem da notícia. Por: Divulgação

Fonte: Divulgação

Imagem da notícia. Por: Divulgação

Fonte: Divulgação

Imagem da notícia. Por: Divulgação

Fonte: Divulgação

Comentários