Presidente da Coamo realiza reunião com cooperados em Pitanga

Centenas de cooperados participam da reunião em Pitanga

Centenas de cooperados participam da reunião em Pitanga

O presidente da Coamo, José Aroldo Galassini, escolheu o município de Pitanga para ser um dos primeiros a abrir a série de reuniões da diretoria do segundo semestre. O encontro com os cooperados aconteceu na sede da Arcam, no dia 19 de junho. Na oportunidade, o presidente da cooperativa falou sobre vários temas, como o cenário do primeiro semestre, as tendências de mercado e os custos de produção. Galassini também fez uma avaliação do Plano Safra, que foi anunciado na semana passada pelo Governo Federal. Segundo o presidente da cooperativa, o plano é bom, diante da perspectiva que se tinha no mercado de uma forte alta nos juros e redução nos recursos disponíveis. No entanto, houve uma pequena elevação nos juros dos financiamentos para pequenos e grandes produtores e a quantidade de recursos disponibilizados continuou a mesma. “Diante do cenário que estava projetado ainda ficou algo que é possível”, disse o presidente da cooperativa.

Galassini também comentou sobre o trabalho que é feito nas reuniões, mostrando a importância do cooperativismo e da participação do cooperado na vida da empresa, na qual ele também é dono. “Aqui o cooperado é tratado sempre da mesma forma, seja no momento ruim ou no momento bom, além disso, a cooperativa tem investimentos em uma série de serviços, como assistência técnica e armazenamento de grãos”, ressalta, além de acrescentar, que são pelo menos 250 agrônomos transferindo diariamente todas as novidades e inovações do mercado.

Ele lembra que, se todos participarem da vida da cooperativa, os custos serão menores e a cooperativa terá mais condições de atender as demandas de todos. “Estamos trabalhando para que todos tenham essa mentalidade de valorizar a cooperativa, que dá resultado, pois lá fora ele não tem isso”, cita o presidente.

Para o gerente da Unidade da Coamo de Pitanga, Valdemir de Paula Barbosa, o Miro, essa reunião que a diretoria da cooperativa faz duas vezes por ano é fundamental para que os cooperados possam entender a retrospectiva do primeiro semestre e também projetar uma perspectiva para o segundo semestre, já que recebem informações importantes sobre as previsões das condições climáticas nos Estados Unidos e informações sobre os estoques dos produtos a nível nacional e mundial. Outra característica importante da reunião em Pitanga é que ela é regionalizada, com a participação de cooperados de Palmital, Boa Ventura do São Roque e Santa Maria do Oeste. “Os nossos cooperados são bastante ativos e cooperativistas e as reuniões aqui sempre são muito boas”, frisa o gerente da unidade de Pitanga.

Comentários