Após ameaça em boate, homem é baleado em Pitanga

A Polícia Militar de Pitanga foi acionada no início da noite da terça-feira, 18 de junho, para atender uma ocorrência registrada em uma boate, localizada próxima a UCP, onde dois homens, sendo um maior de 18 anos e um adolescente de 16 anos, chegaram ao local em uma motocicleta de cor branca. Um dos ocupantes entrou no local e levantou a blusa, mostrando que estava armado.

O elemento começou a perguntar por sua convivente que, segundo ele, estaria no local. As mulheres que trabalhavam no local disseram que ela não estava. Os homens saíram de lá e foram até outra boate. As mulheres ligaram para a PM e a equipe da ROTAM (Ronda Tático Motorizada) saiu em ronda e, em uma estrada rural, conseguiu encontrar a motocicleta. Os policiais solicitaram que os ocupantes parassem, mas o condutor da moto não obedeceu a ordem policial e, inclusive, jogou o veículo sobre um dos policias. Nesse momento, um policial disparou um tiro, mas os elementos conseguiram escapar.

Logo depois a PM foi alertada que, nas proximidades de uma pedreira, um elemento estava ferido, num sítio próximo à boate. O maior de idade foi localizado e o Corpo de Bombeiros foi acionado, que encaminhou o ferido ao hospital São Vicente de Paulo. Ele negou estar armado, mas a mulher que ele procurava e ameaçou de morte afirmou que ele tinha uma arma e que, inclusive, havia sido agredida na noite anterior.

Comentários