Pintor eletrocutado em Ivaiporã falece em hospital de Londrina

Imagem da notícia.

O pintor Natal Camilo, 40 anos, faleceu na madrugada desta quarta-feira, dia 19 de junho, em um hospital em Londrina. Segundo informações, ainda não confirmadas, ele sofrido duas paradas cardíacas e não resistiu. Familiares estão na capital do estado, na manhã desta quarta-feira, para a liberação do corpo, que será transferido para Ivaiporã.

Camilo foi vítima de uma descarga elétrica em uma rede de alta tensão, enquanto trabalhava na pintura de um prédio comercial na Rua Santa Catarina, no dia 7 de junho. O trabalhador teve 45% do corpo queimado e foi transferido inicialmente para o Hospital Universitário de Londrina (HU), onde ficou em tratamento no Centro de Queimados (CTQ), daquela instituição.

O horário e local do velório ainda não foram definidos pelos familiares.

Nos últimos 30 meses, esse é o terceiro profissional da construção civil que é vítima de choque elétrico na rede de alta tensão em Ivaiporã.

Comentários