Como usar o “etc.”

Imagem da notícia.

O termo “etc.” é abreviatura da expressão latina et cetera, que significa “e outras coisas”. É empregado com o sentido de “e assim por diante”, “e o resto”, ou seja, para indicar que outras coisas devem ser subentendidas. Por exemplo:

Guilherme foi ao mercado e comprou tomates, bananas, maçãs, etc.

Nesse caso, o “etc.” indica que Guilherme comprou os itens citados e mais outras coisas, as quais não têm necessidade de serem citadas na frase.

Muitas vezes, o “etc.” é escrito ou pontuado incorretamente.

O que é correto?

Usar um ponto após o “etc.”

Por ser uma abreviação, o termo “etc.” deve ser seguido por um ponto à direita. Quando o “etc.” estiver no final de uma frase, não devemos duplicar o ponto. Exemplos:

O homem vendia balas, chocolates, pirulitos, etc.

Procure um lugar tranquilo para estudar, sem qualquer tipo de distração, como computador, celular, televisão, etc.

Comprei arroz, feijão, batata, etc. no mercado e depois fui à feira.

Nesse último exemplo, seria como dizer “Comprei arroz, feijão, batata e outras coisas no mercado e depois fui à feira”.

Vírgula antes do “etc”

Na visão gramatical moderna, o uso da vírgula antes do “etc.” é facultativo. Por exemplo, o dicionário Aurélio, na versão eletrônica, cita o seguinte exemplo:

Comprou na feira legumes, verduras, frutas, etc.

Alguns gramáticos consideram o uso da vírgula antes de “etc.” um erro, em virtude do conectivo “e” que já está implícito. Porém, outros veem a vírgula como elemento necessário, pois consideram que, com o passar do tempo, o “etc.” tornou-se um elemento enumerativo. Por essa razão, o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, VOLP, apresenta o “etc.” precedido de vírgula.

O que é incorreto?

Uso da expressão “e etc.”

Como já apresenta o elemento “e” em sua forma original, o “etc.” não deve ser usado com tal conectivo (e). Por exemplo:

Comprei laranjas, limões, melancias e etc. (incorreto)

Uso de reticências

Não se deve empregar “etc...”, ou seja, “etc” seguido por reticências, pois ambos são utilizados para informar ao leitor que a enumeração é exemplificativa. Portanto, use um ou o outro.

Fomos ao teatro, visitamos o museu, passeamos pelo parque, etc.

ou

Fomos ao teatro, visitamos o museu, passeamos pelo parque...

Uso de “etc.” para pessoas

Não use “etc.” quando fizer referência a pessoas. Lembre-se que seu sentido é “e outras coisas”, não “e outras pessoas”. Por exemplo:

Falei com Lucas, Maurício, Carlos, etc. (incorreto)

Como se pode observar, o uso de etc., assim como tantos outros usos de palavras e expressões deve ser estudado a fim de se evitarem possíveis erros.

Até a próxima semana.

Comentários