Celso Celestino será empossado presidente do Rotary Ivaiporã Integração

Celso Celestino assume presidência do Rotary Integração no dia 6 de julho. Por: Antonello Nadal

Celso Celestino assume presidência do Rotary Integração no dia 6 de julho

Fonte: Antonello Nadal

O administrador de empresas e funcionário aposentado do Instituto de Saúde Bom Jesus de Ivaiporã, Celso Celestino Silva, toma posse no dia 6 de julho, como presidente do Rotary Club Ivaiporã Integração, quando substitui o advogado Júlio César da Costa. A cerimônia de transmissão de cargo e posse do conselho diretor para o Ano Rotário 2019/2020, sob o lema “O Rotary Conecta o Mundo”, acontece às 20h00, na Casa da Amizade, juntamente com a posse da diretoria do Interact, e deve contar com a presença do governador do distrito 4710, Osvaldo dos Santos Júnior.

Conforme Celso Celestino, o conselho diretor está formado por profissionais rotários comprometidos em trabalhar pela comunidade. “Espero conseguir fazer um trabalho à altura do que o Rotary se propõe em Ivaiporã e região, trabalhando nas questões sociais em prol da comunidade, que é um compromisso do Rotary”, afirmou o futuro presidente, que já tem longa experiência rotária no currículo.

Ele destacou que pretende manter as ações que já estão sendo desenvolvidas na atual gestão, como a Expo Flores, que foi sucesso na primeira edição e será realizada novamente. Além disso, entre as principais metas da gestão estão parcerias com entidades como a Aceni, Apae, Apac e Ara, além de campanhas de arrecadação de agasalhos, fazendo valer o objetivo do clube que é dar de si, antes de pensar em si.

Para Celso, o cargo de presidente exige grande responsabilidade, mas acredita que cada um dos companheiros terá importância para uma gestão bem sucedida. “Queremos trabalhar em parceria com o Rotary Ivaiporã porque o Rotary é universal e afinal de contas, se você une forças, quem ganha é a comunidade”, ressaltou.

Segundo Celso Celestino, outra meta da gestão é reforçar o entrosamento familiar do rotariano por meio de reuniões domiciliares a cada dois meses, com dinâmicas diferentes que tornem as reuniões mais agradáveis e produtivas.

O futuro presidente participou da Conferência Distrital do Rotary em Cascavel e Londrina. “As conferências são uma oportunidade de aprender com pessoas que têm muita experiência em Rotary, além de pessoas não rotárias que apresentaram projetos em prol das comunidades”, mencionou.

Comentários