Educação ambiental e do campo é tema de seminário em Ivaiporã

Valber Clarimundo abre Seminário de Educação Ambiental e Educação do Campo

Valber Clarimundo abre Seminário de Educação Ambiental e Educação do Campo

Fazendo parte da programação da Semana Nacional do Produto Orgânico, o Núcleo Regional de Educação de Ivaiporã, em parceria com o Instituto Emater e o Instituto Federal do Paraná (IFPR), campus Ivaiporã, realizou o 3º Seminário de Educação do Campo e 2º Seminário Regional de Educação Ambiental. O evento foi realizado na biblioteca do IFPR e reuniu professores e diretores de escolas dos 14 municípios jurisdicionados ao NRE de Ivaiporã.

Atualmente, das 52 escolas que compõem a rede pública estadual na região, 29 delas são consideradas escolas do campo, pois são localizadas ou tem um perfil de escolas rurais, onde os professores podem realizar atividades ou adequar as diretrizes à realidade vivenciada no campo.

Participaram da abertura do evento, o chefe do NRE de Ivaiporã, professor Valber Clarimundo; o coordenador estadual de produção agroecológica da Emater, Paulo Henrique Lizarelli; a professora do IFPR, Ellen Rubia Diniz; a representante do Departamento Municipal de Educação, Jucélia Sebold; além da coordenadora técnica de educação no campo do NRE, professora Roseli Aparecida Vieira.

A professora Roseli Aparecida Vieira explica que debater a educação no campo é muito importante, pois mais da metade das escolas do NRE de Ivaiporã se identificam como escola do campo e trabalham conteúdos voltados a essa realidade. “São ações que buscam valorizar e fazer com que os alunos permaneçam no campo”, comentou a professora.

O chefe do NRE de Ivaiporã, Valber Clarimundo, ressaltou que a educação do campo é fundamental, pois, nas décadas passadas, ela não foi trabalhada e, com isso, ocorreu o êxodo rural e o inchaço das grandes cidades. Para ele, esse seminário é importante, pois apresenta práticas exitosas que acontecem nas escolas e a socialização desses temas é muito importante, pois leva em conta a especificidade de cada localidade. “Quero destacar também a importância do apoio do secretário de Educação, Renato Feder, e do governador Ratinho Júnior, que vêm mantendo essas propostas de ensino da Educação no Campo”, comenta o chefe do NRE de Ivaiporã.

O agrônomo Paulo Henrique Lizarelli disse que uma das propostas apresentadas durante o seminário é a formação de grupos de consumidores, que tenha início entre os professores das escolas públicas. A ideia inicial é que eles identifiquem os produtores que fornecem alimentos para a merenda escolar e, na sequência, aqueles que já trabalham com a produção de base agroecológica ou produtos coloniais e que, muitas vezes, nem os próprios moradores do município têm conhecimento. Na sequência, comecem a formar grupos de compras direto desses produtores.

Em Ivaiporã e Faxinal já existem grupos semelhantes e que praticam um preço justo, que é semelhante ao pago no supermercado, mas onde o agricultor recebe um pouco mais do que vender ao atravessador.

A Semana Nacional do Produto Orgânico é uma realização da Emater e do IFPR, com o apoio da Prefeitura de Ivaiporã, Governo do Estado, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e Governo Federal.

Professora Ellen Rubia Diniz realiza palestra para professores e gestores de escolas do campo

Professora Ellen Rubia Diniz realiza palestra para professores e gestores de escolas do campo

Comentários