Pitanga confirma primeiro caso de gripe H1N1

A Secretaria Municipal de Saúde de Pitanga confirmou o primeiro caso no município, nesse ano, de Influenza H1N1. Trata-se de uma senhora de 64 anos, que apesar de fazer parte do grupo prioritário, não tinha tomado a vacina. A paciente já fez o tratamento e seu quadro de saúde é estável.

Segundo a secretária Emily Sakurai, o caso serviu como alerta sobre a necessidade da população se vacinar contra a gripe. Ela destaca que o município trabalhou para atingir 100% do público-alvo, no entanto, alguns grupos, como as crianças, por exemplo, não atingiram a meta. “Ainda encontramos alguma resistência, principalmente de pessoas que acreditam em falsas notícias e isso tem prejudicado a campanha de vacinação”, disse.

Na segunda-feira, dia 3 de junho, a vacinação foi aberta para toda a população, mas como estoque de vacina restante era pequeno, a expectativa é que já na terça-feira, dia 4, o estoque fosse esgotado. “No entanto, fica o alerta, especialmente para esses dias mais frios, que as pessoas tenham cuidado e, caso apresentem sintomas como febre alta, dor intensa e mal estar, que procurem a unidade de saúde para que possa iniciar o tratamento o mais rápido possível, que é a forma mais eficiente de tratamento da doença”, disse a secretária de saúde.

Comentários