Professor de Ivaiporã realiza oficina pedagógica na Colômbia

Professor Caloi apresenta oficina de aprendizagem cognitiva. Por: Divulgação

Professor Caloi apresenta oficina de aprendizagem cognitiva

Fonte: Divulgação

Entre os dias 27 e 31 de maio, o professor Hélio Cruz Leão, conhecido como Caloi, da rede pública de ensino do Núcleo Regional de Educação de Ivaiporã participa, na cidade de Pasto – Colômbia, de um evento na Fundação Universitária Católica do Sul, para capacitar professores do ensino regular e necessidades especiais das escolas que envolvem as secretarias de Educação. O professor Caloi também ministrará palestras para acadêmicos e professores da Faculdade de Educação e Psicologia, assim como implementará e interagirá por meio de atendimento e oficinas com os 300 finalistas do “XVI Encontro Departamental da pesquisa e dos Semilleros de Investigação”, com muitas trocas de experiências da ação pedagógica Oficina Desafio da Aprendizagem Cognitiva.

Segundo o professor Caloi, esta será uma oportunidade única, com reconhecimento internacional, que abrirá portas para a integração de suas metodologias diferenciadas e diversificadas no processo didático pedagógico com outros países da América Latina. Assim, poderá compartilhar conhecimentos voltados para a estrutura da plasticidade cerebral com inteligência lógica interpretativa, que evita sistemas de aulas padronizadas e tem como base a área de interesses e pesquisas contextualizadas no ensino-aprendizagem com signos e significados na elaboração de atividades exploratória, enriquecimento curricular e suplementação acadêmica, além de oferecer novas perspectivas. O desenvolvimento da ação tem ainda a intenção de estabelecer a importância da correspondência do desejo de aprender dos alunos e a escola, assim como demonstrar a interligação entre todos os gêneros de aprendizagem e dar sentido ao conteúdo curricular.

Para o professor, é necessário usar as capacidades ou ideias familiares aos alunos como ponte para o alcance de outras que lhes sejam menos familiares, assim como melhorar a motivação dos alunos em relação à aprendizagem e encorajá-los a olhar um tema de pesquisa através das lentes do seu próprio interesse.

Nessa perspectiva, a Oficina Desafio da Aprendizagem Cognitiva configura-se numa ação pedagógica que envolve os alunos, famílias, acadêmicos, professores e profissionais afins, na intenção de complementar as habilidades manuais e qualidades mentais com jogos intelectivos de unicidade, sempre explorando potencialidades e limitações nas áreas lógicas e interpretativas no ensino-aprendizagem, por meio da exposição, interação, elaboração e resolução de problemas nas áreas transdisciplinares.

Comentários