Tontura pode ser sinal de alguma doença? Qual a diferença entre tontura, vertigem e labirintite?

Imagem da notícia.

Entenda: tontura não é doença. É um aviso que o corpo está dando. Um sinal de alerta. Por isso devemos sim dar atenção a esta sensação de falta de equilíbrio, de zonzeira. Algumas pessoas sentem como se estivessem em um barco flutuando ou andando em cima de um colchão. Isso é tontura.

A vertigem também é um sintoma. É a tontura acompanhada da sensação de rotação – o ambiente parece rodar e girar – e aí a perda de equilíbrio é maior ainda. Fica difícil ficar em pé. Muitas vezes a vertigem vem acompanhada de náuseas, vômitos, suor frio e até perda dos sentidos. É uma sensação muito desagradável.

O órgão responsável pelo equilíbrio do corpo é o labirinto, que fica dentro do ouvido. A labirintite é uma infecção ou inflamação no labirinto. Por isso a labirintite também altera a sensação de equilíbrio dando sintomas de tontura e vertigem. Então, a labirintite é uma das causas de tontura e vertigem.

Mas muitas outras doenças podem dar tonturas ou vertigens. Simples erros alimentares como, por exemplo, não se alimentar adequadamente pela manhã provoca hipoglicemia (falta de açúcar no sangue) e isto dá tontura. Infecções por vírus ou por bactérias, estresse, uso de álcool, cigarro, alterações hormonais, como no período pré-menstrual, alguns remédios como antibióticos ou anti-inflamatórios ou até mesmo causas mais sérias como distúrbios vasculares que afetam a irrigação cerebral também podem causar tonturas ou vertigens.

Por isso sempre é aconselhável procurar um médico para que o diagnóstico preciso seja feito e o tratamento corretamente orientado.

Há tratamento para a grande maioria das causas de tontura ou de vertigem. Essa é a boa notícia.

Não se sinta tonto nem veja o mundo rodar à toa.

Cuide-se!

Fonte https://www.draanaescobar.com.br

Comentários