Conseg instala urna para reivindicação de moradores

Integrantes do Conseg instalam urna na Mercearia da Josane

Integrantes do Conseg instalam urna na Mercearia da Josane

O Conselho Comunitário de Segurança de Ivaiporã (Conseg) instalou, na semana passada, uma urna da entidade, na Mercearia da Josane, na Avenida Aparício Cardoso Bittencourt, no Jardim Ouro Preto. A ação faz parte do projeto Conseg nos Bairros, que tem como principal objetivo saber as reivindicações da população na área da segurança pública e fazer os encaminhamentos necessários aos órgãos competentes, como a Polícia Civil, Polícia Militar e Prefeitura.

Até o dia 30 de maio, os moradores dos bairros Jardim Ouro Preto, Belo Horizonte e Imperial podem se deslocar até a mercearia e fazer denúncia, crítica, sugestão ou reivindicação, relacionadas à segurança pública. No local, existe um formulário que pode ser preenchido, inclusive, de forma anônima. Após esse período, a urna é recolhida pelo conselho de segurança e as informações apresentadas pela população são encaminhadas aos órgãos competentes.

O primeiro bairro onde a urna foi instalada foi a Vila Santa Maria e a população percebeu que, após alguns dias da retirada da urna, tanto a PM como a Polícia Civil realizaram ações no local que surtiram efeito e deram aos moradores a sensação de mais segurança. A prefeitura também foi acionada e fez melhoria no setor de iluminação pública, com a troca de algumas lâmpadas. “O nosso objetivo é levar ao conhecimento das autoridades os problemas de segurança pública que afligem a população dos bairros de Ivaiporã”, comenta o presidente do Conseg, Celso Gomes.

O delegado Aldair da Silva Oliveira, que acompanhou a instalação da urna no estabelecimento comercial, disse que a própria Constituição Federal ressalta que a Segurança Pública é responsabilidade de todos, comenta que esse é um mecanismo inovador e eficaz, que convoca a população a participar da gestão da segurança pública, com informações, reivindicações e denúncias que podem contribuir com os trabalhos da Polícia Civil e também da Polícia Militar. “Essa urna é um incentivo para que a população participe da gestão da segurança no município e todas as reivindicações que chegam até o conhecimento do município serão avaliadas e atendidas pela Polícia Civil e pela PM”, disse o delegado de Polícia Civil de Ivaiporã.

Comentários