Pitanga já vacinou quase 60% da população-alvo contra a gripe

Balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Pitanga aponta que cerca de 58% da população-alvo da campanha de vacinação contra a gripe já foi imunizada no município. Após o Dia D, ocorrido no sábado, 4 de maio, quase 5,7 mil doses da vacina já foram aplicadas. O grupo prioritário à vacina é formado por crianças, gestantes, puérperas, idosos, trabalhadores da saúde, professoras, trabalhadores de forças de segurança e portadores de doenças crônicas. A campanha prossegue até o dia 31 de maio e as vacinas ainda estão disponíveis em todas as unidades de saúde, durante o horário de funcionamento.

A secretária municipal de Saúde, Emily Sakurai, comenta que as equipes continuarão realizando a busca ativa à população prioritária da campanha e que a ideia é que se, na última semana, não for atingida a meta de 90% da população vacinada, a secretaria deverá abrir um plantão noturno no posto de saúde central, para atender a população que se enquadra nos grupos prioritários, mas que por questões de horário ainda não havia sido vacinada.

O prefeito Maicol Barbosa comenta que a vacina é importante, pois ela prepara o organismo para combater uma infecção mais grave. “Algumas pessoas questionam que tomam a vacina e pegam gripe, na verdade, a pessoa tem um resfriado, que é algo mais leve, do que se fosse mesmo uma gripe”, frisa o prefeito. Ele mesmo relata a experiência da perda de uma familiar, que na época tinha 24 anos, e que por ser asmática, pegou uma gripe e acabou falecendo. O fato ocorreu em 2008 e a vítima não tinha tomado a vacina contra a doença. “Não são muitos os casos que presenciamos de pessoas com gripe, mas quando ela é infectada é algo muito forte e grave, e a intenção da vacina é prevenir, principalmente, os quadros mais graves que se manifestam em idosos, portadores de problemas cardíacos e de diabetes”, cita o prefeito.

Comentários