Golpe da clonagem do whatsapp deixa Polícia Civil em alerta

Hacker´s têm clonado aplicativo whatsapp

Hacker´s têm clonado aplicativo whatsapp

O aplicativo de mensagens whatsapp se tornou algo essencial na vida de praticamente toda a população; além de facilitar a comunicação, ele tem sido usado como ferramenta de trabalho e agiliza a solução de diversos problemas. No entanto, assim como ele tem ajudado a vida de muitas pessoas, também se tornou campo favorito de bandidos, que tentam aplicar todo tipo de golpe usando o aplicativo.

Na semana passada, um empresário de Ivaiporã, que pediu para ter o nome mantido em sigilo, foi vítima da clonagem temporária do seu número no aplicativo e, durante 1 hora e meia, seus contatos pessoais receberam mensagens pedindo o depósito de dinheiro em uma determinada conta-corrente. Felizmente, os golpistas não tiveram sucesso e as quatro pessoas que visualizaram a mensagem, antes de fazerem qualquer movimentação bancária, ligaram para o empresário perguntando se ele realmente precisava do dinheiro.

Apesar de estar com o celular sempre atualizado e com antivírus instalado, o empresário acabou tendo o celular clonado, quando fazia um anúncio em um site de classificados conhecido em todo o Brasil. Nesse momento, o hacker pediu a solicitação de um código para confirmar o anúncio e conseguiu ter acesso ao whatsapp. O empresário ficou com o aplicativo bloqueado por cerca de 90 minutos, até que conseguiu o contato com a plataforma do desenvolvedor do programa, que fez a ligação no seu celular, repassou um novo código e isso possibilitou que a clonagem fosse derrubada.

Após conseguir recuperar o aplicativo, o empresário encaminhou pedido de desculpas a todos os seus contatos e explicou a situação e realizou mais um procedimento para garantir a segurança do aplicativo. “Hoje em dia qualquer pessoa pode ter problemas com hackers”, comenta.

O delegado de Polícia Civil de Ivaiporã, Aldair da Silva Oliveira, ressalta que tanto na web, como no celular, a pessoa deve evitar clicar em mensagens que contenham links suspeitos, principalmente se estão escondidos em páginas de banco ou da Receita Federal. Ele destaca que, atualmente, o whatsapp tem sido um campo vasto onde os bandidos procuram inserir links com vírus e programas espiões, afim de capturar tudo o que existe no aparelho, como senhas de banco, fotos, vídeos e programas.

Com relação ao programa whatsapp, o delegado orienta que todo o usuário faça a verificação em duas etapas, que pode ser ativa no campo Configurações/Conta/Verificação em Duas Etapas, com isso, ele insere um código de 6 caracteres e que, regularmente, o próprio whatsapp solicita para verificar se ele confirma a autenticidade do usuário.

Já para quem utiliza o programa no computador através do whatsweb, a orientação é para sempre desconectar do pc e também quando sentir que o programa está travando, sem motivo aparente fazer a desconexão.

Ele também frisa que as pessoas precisam tomar cuidado com todas as mensagens que chegam ao aparelho pedindo algum tipo de dinheiro ou depósito e sempre verificar se quem está pedindo o dinheiro é de fato a pessoa que precisa.

Comentários