Arapuã toma medidas para controle da epidemia de dengue

O prefeito de Arapuã, Deodato Matias, comentou as ações tomadas para conter o avanço da dengue no município. Em entrevista ao jornal Paraná Centro, ele disse que as medidas tomadas pela prefeitura, juntamente com a Secretaria Municipal de Saúde e da 22ª Regional de Saúde, conseguiram, por hora, conter o avanço da doença, que tem seu foco principal no bairro rural do Bem-te-vi. Desde a semana passada, Arapuã foi considerada endêmica para a dengue.

Segundo Deodato, o município contou com o apoio das equipes de dengue de Godoy Moreira, Jardim Alegre e Cruzmaltina, além de outros municípios que ofereceram ajuda, e que foram importantes para que o município conseguisse superar o problema.

“A realidade é que tivemos uma epidemia de dengue no distrito de Bem-te-vi, mas quando tomamos consciência do fato, realizamos medidas imediatas, fizemos a limpeza dos terrenos e o bloqueio epidemiológico com a dedetização de todo o distrito e, com isso, evitamos que a doença se espalhasse para o restante do município”, comenta o prefeito.

População

O prefeito comenta que a participação da população é fundamental para a eliminação dos locais, onde o mosquito Aedes Aegypti possa se proliferar. Ele salienta que a população precisa fazer sua parte, retirando dos quintais as embalagens que possam acumular água, onde o mosquito se reproduz.

Comentários