Encontro Regional de Líderes Sindicais é realizado em Ivaiporã

Evento busca formar novas lideranças sindicais

Evento busca formar novas lideranças sindicais

A Faep (Federação da Agricultura do Estado do Paraná) promoveu, na semana passada, no Sindicato Rural de Ivaiporã, o 1º Encontro Regional de Líderes Rurais, que contou com a presença de representantes dos sindicatos de Pitanga, Cândido de Abreu, Manoel Ribas, São João do Ivaí, São Pedro do Ivaí, Engenheiro Beltrão, Barbosa Ferraz e Campo Mourão. A ação contou com a presença do presidente da Faep, Ágide Meneghette, entre outras lideranças do sistema sindical rural estadual.

O presidente da Faep disse em entrevista ao jornal Paraná Centro, que a reforma trabalhista trouxe mudanças positivas na relação entre os sindicatos e, principalmente, no instrumento da convenção coletiva de trabalho, que hoje tem força de lei. Com relação à desobrigação da contribuição sindical, o presidente destaca que o evento visa justamente mostrar aos líderes sindicais que eles precisam conscientizar os produtores sobre a importância do movimento sindical, na defesa dos princípios da agricultura, como a briga pela questão da sanidade animal e da luta, quando no Paraná foi proibido o plantio de transgênicos. “Também queremos criar um programa de formação de novas lideranças regionais e reciclar aquelas que existem, porque temos que continuar fazendo o nosso trabalho, que é imprescindível para a economia do Estado”, ressalta Meneghette.

O coordenador do movimento sindical da Faep, João Lázaro Pires, ressalta que esse encontro de líderes rurais é uma forma de começar um movimento para a formação de novas lideranças para trabalho no agronegócio e formar líderes preparados e condizentes com a área de atuação. “A Faep está vindo e dialogando, além de ver quais as melhores estratégias e sugestões para que o sistema se fortaleça cada vez mais”, frisa.

Ele destaca que é importante que os sindicatos sejam prestadores de serviço para os agricultores, além de mostrar a importância dos produtores rurais estarem filiados, para que eles possam negociar com o sindicato dos trabalhadores. “O sindicato rural que vai manter sua estrutura aberta é aquele que estará de encontro com os anseios dos produtores rurais e toda a prestação de serviço que ele faz, sua representatividade, a mobilização dos seus produtores”, cita o coordenador estadual do movimento sindical, João Lázaro Pires.

O presidente do Sindicato Rural de Ivaiporã, Lorival Góes, comenta que a realização desse evento em Ivaiporã consolida cada vez mais o município como um polo regional para o debate das questões ligadas ao agronegócio, principalmente na região Vale do Ivaí, e que o trabalho do encontro regional é focado na sustentabilidade sindical. “Precisamos que o produtor continue usando o Sindicato Rural, que ele sinta de fato que aqui é sua casa, já que a principal função do sindicato é defender o produtor rural em todas as suas instâncias”, disse.

Ele lembra que os sindicatos têm um papel importante na defesa das demandas da agricultura junto às esferas governamentais, além de oferecer outros serviços, como por exemplo, realizar toda a contabilidade da propriedade rural e o sindicato de Ivaiporã está apto para oferecer esse tipo de serviço. “Esse tem sido um diferencial e faz com que o produtor venha para o sindicato buscar coisas novas, encaminhar projetos agrícolas junto às instituições financeiras e ser um auxílio para que o produtor rural possa continuar tocando seus negócios”, frisa o presidente Lourival Góes.

Comentários