Pitanga realiza Semana de Conscientização do Autismo

Autoridades prestigiam abertura do evento. Por: Zélia Gzegoski

Autoridades prestigiam abertura do evento

Fonte: Zélia Gzegoski

A Prefeitura de Pitanga, por meio das secretarias municipais de Educação e Cultura e Saúde, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e Núcleo Regional de Educação estão realizando de 1º a 5 de abril, no Centro Cultural, em Pitanga, a Semana de Conscientização do Autismo, em comemoração ao Dia Mundial do Autismo, celebrado no dia 2 de abril.

Na segunda-feira, 1º de abril, a ação foi iniciada com palestra da advogada Isabel Buckmann sobre os direitos da pessoa com autismo. Na terça-feira, 2 de abril, Dia D da campanha, a psicóloga Rosemeire Silva Pereira abordou o tema Educação e família: como desenvolver o potencial da criança autista. Já na quarta-feira, dia 3, acontece uma roda de conversa com pais e familiares de autistas, a partir das 14h00, mediado pela psicóloga Alessandra Lohn Araújo, com o tema Família: você é a peça chave. Além disso, durante a semana, está sendo feito um trabalho de conscientização nas escolas com utilização de filmes, reportagens, atividades e debates sobre o tema.

A fonoaudióloga da Secretaria Municipal de Educação e Saúde de Pitanga, Rudahyra Osswald de Oliveira, destacou a importância de debater e proporcionar aos participantes um conhecimento mais aprofundado sobre o assunto. “Em Pitanga temos uma população de aproximadamente 40 pessoas diagnosticadas com autismo, mas poucas pessoas têm acesso às informações sobre o transtorno. Por, isso, amparados na Lei Municipal nº 2170, de 25 de setembro, de 2018, promovemos a Semana de Conscientização do Autismo, que tem foco no ambiente escolar, para falar sobre formas de prevenção, desmistificando as dificuldades existentes nas escolas e buscando soluções para melhor acolhimento, além de mostrar alternativas para a melhor interação entre alunos e professores para que os autistas possam se desenvolver no ambiente escolar”, esclareceu a fonoaudióloga.

O Transtorno do Espectro Autista é uma alteração cerebral que compromete o desenvolvimento psiconeurológico e afeta a capacidade da pessoa se comunicar, compreender e falar, prejudicando o convívio social de forma global. O autismo manifesta-se antes dos 3 anos de idade, sendo mais comuns em crianças do sexo masculino, mas não necessariamente é acompanhado de retardo mental, pois existem casos de crianças que apresentam inteligência e fala intacta.

O autismo é representado por peças de quebra-cabeça da cor azul em alusão a maior incidência de casos no sexo masculino. A fita do quebra cabeças foi adotada em 1999 como sinal universal da consciência do autismo.

Evento tem foco na educação escolar

Evento tem foco na educação escolar

Comentários