Chefe do IAP pretende visitar prefeitos da região

Professor Pedro começa a atuar frente ao Iap

Professor Pedro começa a atuar frente ao Iap

O chefe do escritório regional do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Pedro Estevão da Silva, pretende nos próximos dias visitar todos os prefeitos dos 21 municípios que compõem a área de atuação do escritório de Ivaiporã.

Indicação do secretário de Estado de Sustentabilidade Ambiental e Turismo, Márcio Nunes, o professor aposentado está iniciando o trabalho no escritório regional e destacou que está trabalhando em parceria com os técnicos da pasta. “Não me considero chefe, mas um parceiro de trabalho para desenvolver as ações e dar andamento ao trabalho que temos nos 23 municípios da região central”, disse o novo chefe do IAP.

O professor ressalta que seu grupo político em Manoel Ribas trabalhou para o governador Ratinho Júnior, para o deputado federal Luiz Nishimori e para o deputado estadual Márcio Nunes, que no município recebeu 1159 votos. “Inclusive, minha casa serviu como comitê para esses três candidatos”, comenta Pedro Estevão.

Após 37 anos como professor, sendo 18 como diretor do Colégio Estadual Reni Correa Gamper, Pedro Estevão chegou a ser cogitado para chefiar o Núcleo Regional de Educação, mas o cargo não chamou sua atenção. “Em janeiro, assim que foi nomeado secretário, Márcio Nunes me convidou para assumir a pasta; foi um desafio, porque é algo diferente do que eu fazia, mas eu aceitei e agora veio a indicação”, comenta.

Assim como está acontecendo em vários órgãos do Governo do Estado, a Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Turismo está agregando, além do IAP, o Instituto das Águas e também a Paraná Turismo. Segundo Pedro Estevão, o escritório local também vai atender as demandas desses outros órgãos que foram incorporados. “A regional do IAP tem o aval do secretário Márcio Nunes e do próprio governador Ratinho Júnior e vamos agilizar o trabalho; uma das minhas primeiras ações será realizar uma agenda para visita a todos os prefeitos”, ressalta. Segundo o novo chefe do IAP, o que estiver dentro da lei, terá o atendimento mais rápido e ágil possível no escritório de Ivaiporã.

Comentários