Amuvi debate infraestrutura e segurança pública

Prefeitos posam para foto após reunião da Amuvi. Por: Blog do Berimbau

Prefeitos posam para foto após reunião da Amuvi

Fonte: Blog do Berimbau

A Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi) reuniu 24 dos 26 prefeitos da região, para uma reunião de trabalho, no 40 Country Clube de Faxinal, no dia 15 de março, e contou com a presença do secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, além de outros representantes do Governo do Estado.

Diversos assuntos foram tratados na reunião, principalmente no setor de infraestrutura e segurança pública. No início da semana, o presidente da Amuvi e prefeito de Faxinal, Ylson Cantagalo, esteve reunido com o governador Ratinho Júnior, quando foram tratados assuntos sobre a infraestrutura da região. Em áudio apresentado aos prefeitos, o governador garantiu que, em breve, o Estado fará a recuperação completa do pavimento das rodovias PR-272 e PR-466 entre Pitanga e Mauá da Serra e também irá viabilizar um estudo sobre a construção de terceiras faixas entre vários trechos dos quase 150 quilômetros da rodovia.

Outro assunto debatido no encontro dos prefeitos foi os investimentos em saúde pública na região, especialmente na construção e estruturação de um Centro de Oncologia no Hospital da Providência em Apucarana. O secretário de Saúde, Beto Preto, solicitou a união dos municípios da Amuvi para contribuir com recursos para as obras que viabilizarão o atendimento de tratamento de câncer em Apucarana. Ele disse também que o Governo do Estado vai investir na regionalização da saúde, com atenção especial para a região Vale do Ivaí.

Segurança Pública

Outro assunto importante tratado durante a reunião da Amuvi foi a superlotação das cadeias e a possibilidade de construção de uma penitenciária na região. Após o debate entre os prefeitos e sugestão de alguns municípios, ficou definido que a Amuvi apresentará um projeto ao Governo do Estado de retomada da construção de uma obra inacabada entre Mauá da Serra e Tamarana, para a instalação de uma penitenciária na região, para atender a demanda de presos. Na reunião, o delegado chefe da 17ª subdivisão policial, Gustavo Dante da Silva, apresentou um relatório com a atual situação dos presídios na região, sendo que o levantamento nos 26 municípios da Amuvi é de um total de 800 presos, sendo que a capacidade das cadeias na região é de apenas 300 detentos. Essa estrutura iniciada entre Mauá da Serra e Tamarana teve início de construção no governo de Roberto Requião, mas foi abandonada; a proposta da Amuvi é que a obra seja retomada pelo governador Ratinho Júnior.

Comentários