Justiça eleitoral convoca faltosos para evitar cancelamento dos títulos

Chefe do cartório eleitoral, Rafael Santos

Chefe do cartório eleitoral, Rafael Santos

O chefe do cartório eleitoral, Rafael Paschoal Teixeira Santos, ressalta que os eleitores que se encontram nessa situação devem procurar o cartório, de segunda a sexta-feira, das 12h00 às 19h00 até o dia 6 de maio. O eleitor deve levar o documento de identidade, título de eleitor, comprovante de votação ou de justificativa e o comprovante de recolhimento de multas eleitorais. Ele lembra que se o cidadão não fizer esse procedimento, além de ter o título cancelado de forma definitiva, ele perde o direito de votar e pode ter outras restrições, como bloqueio do CPF, impossibilitando a abertura de contas e aquisição de empréstimos, posse em cargo público, emissão do passaporte, realização de matrícula em faculdade ou retirar o diploma, entre outros transtornos.

A relação com o nome dos eleitores faltosos pode ser consultada, no próprio cartório eleitoral ou clicando aqui. Os dirigentes de partidos políticos na região também foram informados sobre os eleitores faltosos.

Comentários