Ivaiporã adere à Prova Paraná, que será aplicada dia 13 de março

Secretário de Estado da Educação, Renato Feder, defende parceria com municípios

Secretário de Estado da Educação, Renato Feder, defende parceria com municípios

A Prefeitura de Ivaiporã aderiu ao programa Prova Paraná, por meio do Departamento Municipal de Educação, e lançado pela Secretaria de Estado da Educação, no dia 20 de fevereiro, no Teatro Guaíra, em Curitiba, durante o Seminário de Cooperação Pedagógica com Municípios.

O município de Ivaiporã foi representado pela secretária municipal de Educação, Rose Sirço; coordenadora geral, Lígia Belcamino; e pela coordenadora dos 5º anos, Rosângela Belga Ceccato.

A Prova Paraná, que é desenvolvida pelo Núcleo de Cooperação Pedagógica da Superintendência da Educação, envolvendo 398 municípios, acontecerá nas escolas – início do bimestre, e tem a função fornecer informações sobre o conhecimento, habilidades e competências dos estudantes a fim de auxiliar os professores e pedagogos na organização dos processos de ensino e aprendizagem.

O objetivo é que, após a correção dos testes, os professores e demais profissionais da educação tenham mais informações sobre as dificuldades dos alunos de modo a conseguir desenvolver estratégias pedagógicas e de ensino adequadas para ajudá-los a superar tais dificuldades.

Aplicação

A 1ª Prova Paraná será aplicada, na quarta-feira, dia 13 de março, para os alunos do 5º ano do ensino fundamental – conforme acordo de cooperação com os municípios, bem como aos estudantes do 6º e 9º ano do ensino fundamental – âmbito da rede estadual de educação, e do 1º e 3º ano do ensino médio. A avaliação terá 40 questões (20 de Língua Portuguesa e 20 de Matemática).

Segundo Rose Sirço, a Prova Paraná será aplicada em Ivaiporã para os 307 alunos matriculados nos 5º anos do ensino fundamental das 10 escolas da rede.

Após a aplicação da prova, os gestores escolares poderão garantir a correção em tempo recorde por meio de um aplicativo de celular – Mira Aula, que garante a obtenção de relatórios com resultados para professores, gestores escolares e Secretaria de Estado da Educação.

Comentários