Prefeitura de Ivaiporã e Senai oferecem curso de Auxiliar de Pedreiro

Parceiros do curso conversam sobre início das aulas

Parceiros do curso conversam sobre início das aulas

A Prefeitura de Ivaiporã e o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) irão oferecer o curso de Auxiliar de Pedreiro – Caminho da Profissão, por meio do Departamento Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Agronegócio, Educação e Obras. As vagas são limitadas.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas no escritório da Fiep (Federação das Indústrias do Estado do Paraná), no andar térreo da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Ivaiporã (Acisi).

O curso de Auxiliar de Pedreiro inicia dia 18 de março e tem como objetivo desenvolver competências profissionais de modo que os participantes ingressem na área da construção civil, incluirá conhecimento sobre concretagem, alvenaria, locação das paredes, revestimento cerâmico, relações interpessoais, saúde e segurança no trabalho, meio ambiente, ética e cidadania.

Para se inscrever, os candidatos podem ter ensino fundamental incompleto – 5º ano completo e idade mínima de 18 anos mediante apresentação de RG, CPF, Certidão de Casamento, comprovante de escolaridade e residência. As aulas serão ministradas de segunda a sexta-feira das 19h00 às 22h00 (totalizando 160 horas) na Escola Municipal Ignes de Souza Caetano, que fica localizada no Jardim Luiz XV.

O prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, disse que o curso profissionalizante pode ser uma boa alternativa ao desemprego ou para quem está à procura do primeiro emprego. “Por isso, muitos profissionais ingressam no mercado de trabalho num curto período de tempo”, lembrou o prefeito.

Por outro lado, a diretora do Departamento Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Agronegócio, Rosana Pagé, lembrou que a capacitação gera mão de obra qualificada e citou a parceria com o Departamento Municipal de Educação, Senai e Escola Municipal Ignes de Souza Caetano, afirmando que “proporciona a oportunidade para que os interessados possam se capacitar, uma vez que os cursos são totalmente gratuitos”.

“O maior beneficiado será o auxiliar de pedreiro, porque terá aulas teórica e prática no estabelecimento de ensino – completamente gratuitas”, reforçou Rosa Camargo, enquanto Marlene Gaspar partilhou opinião semelhante, lembrando que auxiliares de pedreiro poderão se qualificar para o mercado de trabalho.

Comentários