Coamo de Pitanga realiza Dia de Campo de variedades de verão

Variedades de soja e milho serão apresentadas aos produtores

Variedades de soja e milho serão apresentadas aos produtores

A unidade da Coamo de Pitanga realiza nesta quarta-feira, dia 20 de fevereiro, a partir das 14h00, na área experimental da unidade de Bom Retiro, seu tradicional Dia de Campo das culturas de verão. Segundo o gerente da unidade, Valdemir de Paula Barbosa, o evento é aberto a todos os produtores rurais de Pitanga e região, que poderão conhecer 24 variedades de soja e 24 de híbridos de milho, plantadas na atual safra de verão. Algumas variedades são inéditas e só estarão com sementes disponíveis para a próxima safra.

Miro Barbosa comenta que essa é uma oportunidade para o cooperado começar a planejar a safra de verão do ano que vem e observar as variedades que melhor se adaptaram ao clima da região e também as que tiveram mais dificuldades com o clima desse ano, que teve chuvas irregulares durante boa parte da safra.

Além das variedades, 7 empresas de sementes e 17 indústrias de agroquímicos e insumos vão apresentar seus produtos e soluções para as lavouras da região. Barbosa salienta que se o produtor deixar a decisão do que vai plantar para o mês de setembro, além de fazer um planejamento incorreto da lavoura, ele também não terá condições de analisar qual o tipo de variedade ou cultivar que melhor se adapta a sua realidade. Além disso, no dia de campo, com as informações dos técnicos das empresas e da assistência técnica da cooperativa, ele consegue esclarecer dúvidas e definir melhor as variedades que vai plantar, os insumos a usar, e assim organizar seu plano safra, que a Coamo deve lançar nos próximos meses. “Nesse dia de campo, o produtor tem a oportunidade de observar e comparar o desempenho das lavouras, relacionados com o clima, pragas e doenças e também as que mais de adaptam à realidade do local”, relata o gerente da unidade.

Ele ressalta que uma das preocupações da cooperativa é justamente com o bom desempenho das lavouras, para que o cooperado tenha sempre o melhor resultado com alta produtividade e baixa incidência de infestações de insetos e pragas.

Comentários