Ponte em módulos é inovação em Jardim Alegre

Trabalhadores atuam na concretagem de ponte

Trabalhadores atuam na concretagem de ponte

Dentro de 15 dias deve estar pronta a ponte sobre o Rio Bananeira, no Assentamento 8 de Abril, em Jardim Alegre, que é uma importante via de ligação dentro dessa comunidade rural. Segundo o prefeito José Roberto Furlan, nessa ponte, a prefeitura está testando uma nova forma de construção, com módulos de concreto pré-moldado.

Ele explica que, inicialmente, é feito um desvio para reduzir o volume de água no leito do manancial, possibilitando a compactação das pedras, concretagem no fundo do rio para a colocação da base dos módulos. Na sequência, é colocada uma base de ferro no alto da ponte e coberta com concreto, colocação do guarda-rodas e compactação com terra nas cabeceiras. Segundo o prefeito, o investimento do município é de R$ 44 mil, com recursos do tesouro municipal.

Furlan salienta que essa estrutura terá duas vantagens principais; a primeira é que a estrutura de concreto requer muito menos manutenção que a ponte de madeira, que todos anos precisa ser reparada; a segunda e principal é que essa ponte encurtará distâncias dentro do Assentamento 8 de Abril, o que gera um impacto direto no valor que é pago para o transporte escolar terceirizado da comunidade rural. Ele calcula que a economia mensal será de aproximadamente R$ 10 mil. “Com isso, em pouco mais de 4 meses, o valor investido na ponte já estará coberto. E se o resultado da ponte for satisfatório, vamos levar essa forma de construção para outras pontes de madeira, que começarão a ser substituídas por esses módulos”, cita o prefeito, que enxerga como principais vantagens, a redução no custo de manutenção e a colocação de estruturas mais seguras e estáveis nas estradas rurais.

Estradas rurais

A Prefeitura de Jardim Alegre também está iniciando o trabalho de recuperação das estradas rurais. Na semana passada, teve início a retirada de cascalho que, nos próximos dias, será destinado à adequação e melhoria das estradas. “Pedimos um pouco de paciência por parte dos produtores, sabemos que muitos estão iniciando a colheita da soja e as estradas foram muito prejudicadas com as chuvas do final do ano passado, mas aos poucos vamos melhorá-las”, cita o prefeito.

Comentários