Reunião discute projetos de sustentabilidade para municípios

Secretário do Desenvolvimento Urbano conversa com representantes de demais secretarias

Secretário do Desenvolvimento Urbano conversa com representantes de demais secretarias

Avançar com novos projetos de sustentabilidade e inovação nos municípios foi o foco de uma reunião, na segunda-feira, dia 28 de janeiro, entre o secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, João Carlos Ortega, e representantes de outros órgãos e empresas do Estado.

Participaram do encontro a superintendente da Coordenação de Meio Ambiente e Responsabilidade Social da Copel, Jocéli de Andrade Bogusz, a coordenadora e o articulador dos Objetivos de Desenvolvimento Social (ODS), do Serviço Social Autônomo (Paranacidade), respectivamente, Carla Pimentel e Geraldo Farias.

“É preciso aproximar e promover sinergia entre todas as frentes dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, como prega o Pacto Global da ONU, avançar em todas as áreas de atuação e, ao mesmo tempo, respeitar as várias células em atividade”, destacou Ortega.

A superintendente da Coordenação de Meio Ambiente e Responsabilidade Social da Copel disse que a empresa sempre é parceira em projetos de desenvolvimento sustentável e tem muito interesse em empregar ainda mais força na execução e na concepção de projetos.

Ela salientou que uma das diretrizes é fortalecer ações voltadas à preservação do meio ambiente e de responsabilidade social. “A Copel vai ampliar ações que promovam a sustentabilidade para melhorar os indicadores em áreas sensíveis como educação, saúde, inovação, energia e combate a fome”, afirmou Jocéli.

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA - Projetos que resultem na redução dos gastos com energia estão entre as possibilidades para a assinatura de novos acordos. Segundo Geraldo Farias, muitos municípios têm mostrado interesse em projetos de eficiência energética e de fontes alternativas de geração de energia.

Ele acrescenta que a Copel atua nessa área com o lançamento de editais anuais que beneficiam prefeituras, universidades e outras instituições públicas com o financiamento de propostas que promovam a economia de energia.

“Alguns municípios já implantaram projetos nesse sentido, com o uso de iluminação LED, por exemplo. A atuação conjunta entre Secretaria do Desenvolvimento Urbano e a Copel poderá ampliar ainda mais os resultados”, adiantou o secretário Ortega.

Os próximos passos, antes da retomada dos trabalhos, são o levantamento e a elaboração de diagnóstico sobre os convênios já assinados, o que deve acontecer nos próximos dias.

Comentários