Prefeito de Pitanga vistoria as obras de pavimentação da rodovia PR-239

Maicol Barbosa e Juliano Lipovieski visitam obras da estrada de Mato Rico a Pitanga

Maicol Barbosa e Juliano Lipovieski visitam obras da estrada de Mato Rico a Pitanga

Há alguns dias, aumentou de forma exponencial o número de máquinas e equipamentos na rodovia PR-239, para as obras de pavimentação da estrada que liga Pitanga a Mato Rico, passando pelo distrito de Barra Bonita. O trabalho na estrada ganhou intensidade com a contratação, por parte do consórcio Compasa-Gaissler-Via Venetto, de duas outras empresas, que já estão no local e ganharam autonomia para desenvolver o trabalho.

Na semana passada, o prefeito Maicol Barbosa e o secretário municipal de Agricultura, Juliano César Lipovieski, vistoriaram as obras de terraplanagem, que já estão na entrada do CTG Tropeiro Velho. O prefeito de Pitanga informou que, em conversa com os responsáveis pela obra, nesse momento, a proposta é acelerar os trabalhos, para conseguir recuperar o atraso que houve com o cronograma, especialmente no início do ano. “O que eles têm nos passado é que a obra será concluída em dois anos e que, a partir de agora, deve ter ritmo acelerado”, ressalta o prefeito.

Outro ponto positivo é que a empresa contratada pelo DER para fazer as visitas aos proprietários para as indenizações já iniciou o trabalho e está encaminhando a documentação às famílias de como serão os procedimentos para receber os recursos. “Agora já parece uma obra e as pessoas que passam por ali percebem que se trata de uma rodovia e não de uma estrada rural, já que nos seus 43 quilômetros de extensão haverá, pelo menos, 17 quilômetros de terceiras faixas”, ressalta Maicol Barbosa.

A rodovia PR-239 que liga Pitanga a Mato Rico será uma das melhores da região central, em estruturas para tráfego e segurança. A pavimentação terá R$ 43,1 quilômetros e sai do trevo que faz a intersecção entre a rodovia PR-466, sentido Manoel Ribas, com a PR-460, no sentido Campo Mourão; essa é a primeira mudança no traçado original da rodovia. Com a saída pelo trevo, além de mais segurança para quem for acessar ou sair da rodovia, também evitará o tráfego pesado pela área urbana de Pitanga, já que a atual estrada passa ao lado de um bairro do município. A nova pista seguirá por 1,5 quilômetro até encontrar com o leito original da via.

Outras mudanças no traçado da rodovia acontecem no quilômetro 6,8 até o quilômetro 8, com uma nova pista à direita da via; no quilômetro 20 até o quilômetro 22, também à direita do traçado existente; no quilômetro 23 até o Km 24, sendo 600 metros à direita e 400 metros à esquerda e, no quilômetro 35,2 até o Km 36,8 também à direita da via atual. As mudanças têm como objetivo reduzir o número de curvas e ameninar aclives e declives acentuados.

A pista terá 7 metros de largura e acostamento de cada lado da via de 1,3 metros. Ainda serão construídos, ao longo do trecho, 7 locais para passagem de gado e colocados 254 placas de sinalização, 11,5 mil tachas refletivas bidirecionais e 1,9 mil tachas monodirecionais.

Maquinários intensificam trabalho de terraplanagem

Maquinários intensificam trabalho de terraplanagem

Comentários