Calor ajuda no faturamento de setores da economia em Ivaiporã

Moradores buscam opções de lazer para aliviar o calor. Por: Divulgação

Moradores buscam opções de lazer para aliviar o calor

Fonte: Divulgação

A onda de calor que não deu trégua no mês de dezembro foi um verdadeiro alívio para alguns setores da economia. Na tentativa de se refrescar, os moradores de Ivaiporã movimentam um mercado que se beneficia com o clima dessa época do ano. Em alguns setores, a procura por serviços e a venda de produtos quase dobra nos meses mais quentes do ano.

Em Ivaiporã, nos últimos dias a temperatura máxima registrada foi de 37 graus à sombra. Com o verão apresentando temperaturas elevadas e um calor escaldante, complicado até mesmo de suportar na sombra, vale tudo para se refrescar.

Por isso, para alguns setores do comércio, quanto mais quente melhor. As vendas de água de coco aumentaram 50% no quiosque do senhor Osmar de Souza, na Feira Sol & Lua. Já as vendas de caldo de cana subiram em torno de 15%. “O calor está sendo ótimo porque as vendas aumentaram bastante, principalmente no final do ano, com muitos visitantes na cidade e o pessoal que vem no lago fazer caminhada sempre pede algo para se refrescar. Teve dias que acabei fechando mais cedo por falta de mercadoria, por isso, não posso reclamar de jeito nenhum do calor”, comemorou Osmar de Souza, que chega a vender em torno de 40 cocos e entre 30 e 40 copos de caldo de cana por dia.

O oficial de justiça Zeferino Vilas Boas, que mora em Maringá, mas tem residência em Lidianópolis, trouxe a família para experimentar a água de coco vendida no quiosque. “É muito bom curtir o final de tarde na companhia da minha esposa e das netas, tomando um coco gelado para refrescar o calor”, afirmou o oficial de justiça.

Na loja Chiquinho Sorvetes de Ivaiporã, o calor também é sinônimo de lucro e tem ajudado no faturamento da sorveteria. Diariamente são vendidos uma variedade de opções em casquinha, milk shakes, shake mix, novo mix e açaí, além dos já consagrados banana split e vaca preta na versão Chiquinho. “Houve um aumento de aproximadamente 30% nas vendas de nossos produtos devido ao calor e também ao fato de a cidade receber muitos visitantes nessa época de festas. O Chiquinho virou ponto de encontro das famílias. Com a previsão de altas temperaturas até fevereiro, a expectativa é melhorar ainda mais”, destacou a gerente da loja Chiquinho Sorvetes de Ivaiporã, Lucidauva Farias Barbosa, ressaltando que, nos 3 anos em que a sorveteria está em Ivaiporã, este foi o de maior movimento no mês de dezembro.

A gerente informou que, como acontece em todo o mês de janeiro, haverá novidades no cardápio da loja, lançamento exclusivo para o verão. Para atender a demanda de Ivaiporã e região, a loja abre às 10h00 até a meia noite de quinta-feira a sábado, e nos demais dias da semana fica aberta das 10h00 às 23h30.

Neste calor, uma das boas opções para amenizar os efeitos das altas temperaturas é procurar um pesque e pague. No Recanto do Charanga, o empresário Antônio Zeferino e a equipe dele suam para atender os clientes que buscam se refrescar. “Estamos tendo um faturamento muito expressivo nesta temporada de verão, com o estabelecimento lotado todos os dias por conta do forte calor”, ressaltou o empresário.

O Recanto do Charanga oferece para o público piscina adulta e infantil, toboáguas, quiosques com churrasqueira, lanchonete e restaurante (servindo almoço aos finais de semana e feriados e porções, salgados e bebidas todos os dias) represas para pesca, campo futebol suíço e quadra de vôlei.

O calorão também é comemorado pelo vendedor de açaí, Leandro Teixeira Silva, que faz atendimento delivery. “As vendas aumentaram desde meados de novembro. Na semana do natal, chegou a triplicar e acredito seja em função da chegada de muitos visitantes na cidade”, contou o vendedor de açaí.

Na loja Colombo, a venda de ventiladores, climatizadores e ar condicionados também cresceu. De acordo com o gerente Agnaldo Maminhaqui, as vendas de ventiladores aumentaram 21%, climatizadores 18% e ar condicionado 11%. “Temos bastante procura, principalmente, por ventiladores, mas já tivemos que repor 90% do estoque dos três produtos e estamos recebendo uma remessa maior para atender aos clientes. Estamos contentes com os resultados obtidos em dezembro, e esperamos que as temperaturas continuem subindo para aquecer ainda mais as vendas nos próximos meses”, comentou o gerente.

Para o empresário Antônio Carlos Homenzuk, da Cat Refrigeração, o calor também é motivo de comemoração. Desde novembro, a loja tem sido requisitada para serviços de venda e assistência técnica como manutenção, conserto, limpeza e higienização de ar condicionado e climatizadores, além de instalação. A loja também vende bebedores de água. “O pessoal deixa para usar ar condicionado e climatizador quando esquenta, e isso tem nos dado bastante serviço de manutenção. Por isso, o calor tem sido muito bom para nós”, ressaltou Homenzuk.

O empresário lembrou que a loja tem diversas opções em ar condicionado, desde os mais simples até os mais modernos, que tem baixo consumo de energia. “São produtos com garantia e serviço de entrega rápido”, disse.

Sorveterias têm sido bastante procuradas no verão

Fonte: Antonello Nadal

Pesque e Pague é opção de lazer no verão

Fonte: Divulgação

Casal de Maringá aprecia água de coco na companhia das netas

Osmar de Souza prepara caldo de cana no quiosque da Feira Sol & Lua

Loja de ar condicionado oferece serviços de venda e manutenção

Venda de ventiladores está em alta

Comentários