Professora Eloy prega união dos vereadores em Pitanga

Luiz Matos, Professora Eloy e Silmar dos Santos

Luiz Matos, Professora Eloy e Silmar dos Santos

A professora Eloy de Lurdes Ottoni foi eleita presidente da Câmara de Vereadores de Pitanga, para o biênio 2019/2020. A vereadora contou com a unanimidade dos votos e a mesa diretiva será composta ainda pelo vice-presidente Luiz Acir de Matos e pelo secretário Silmar Cardoso dos Santos. A eleição foi realizada no dia 11 de dezembro e apenas uma chapa foi apresentada e recebeu os votos dos 13 vereadores.

Professora Eloy será a segunda mulher a presidir a Câmara de Vereadores de Pitanga e, para ela, a experiência vivenciada nesses primeiros dois anos de mandato será fundamental para comandar a casa legislativa. “Meu trabalho sempre foi pautado na ética, no envolvimento e no diálogo com todos e isso deu uma base importante, para que aceitasse esse desafio e colocasse meu nome na disputa”, afirma.

Passada a tensão da eleição do legislativo, ela ressalta que o sentimento agora é de ansiedade, nervosismo e preocupação, principalmente, porque a população espera ações diferentes por parte dos vereadores, já que a imagem que a população tem, hoje, é que todo político é ruim, maldoso ou corrupto. “No entanto, as pessoas não veem as coisas boas que buscamos para a melhoria de vida da população; sei que as cobranças serão grandes, mas estou preparada para isso e conto com o apoio do Luiz Matos, do Silmar e dos demais vereadores, para fazer um trabalho positivo e de união de todos”, comenta.

Ela pretende também realizar um trabalho de aproximação do legislativo com a população, melhorando a divulgação das ações dos vereadores e facilitando a participação popular, por meio das audiências públicas, que deverão acontecer em horários que facilitem o acesso das pessoas à Câmara de Vereadores.

A professora Eloy apostará no diálogo com os demais vereadores, respeitando o espaço de cada um e buscado sempre o equilíbrio, para que todos possam decidir pelo que é melhor para Pitanga.

Sobre o relacionamento que pretende manter com o poder executivo, Eloy Ottoni lembrou que esses são poderes distintos, mas que, ao mesmo tempo, precisam estar articulados e que, apesar de fazer parte da base de apoio ao Governo Municipal, sempre vai pautar seu trabalho pelo diálogo e pelo que é melhor para a população. “Sempre que nos foi apresentado um projeto, em que se tinha alguma dúvida ou que não estávamos convencidos que era o melhor para as pessoas, não aceitamos do jeito que veio do Executivo, mas sempre procuramos trabalhar com o diálogo e dentro do que penso da minha forma de agir e pensar”, frisa.

O secretário eleito da mesa diretiva da Câmara de Pitanga, Silmar dos Santos, comenta que a própria votação conseguida pela vereadora Eloy já diz tudo sobre a forma como ela conseguiu reunir os atributos, sendo uma boa mediadora da Câmara. “Vamos cobrar uma participação mais efetiva dos nossos companheiros, para que a Câmara de Vereadores tenha mais credibilidade junto ao povo de Pitanga; e acredito que a vereadora Eloy vai conseguir realizar um trabalho exemplar como presidente do legislativo”, ressalta.

Comentários