Projeto Escola no Campo premia finalistas

Domingos Fontana destaca a parceria da Coamo com a Syngenta no projeto

Domingos Fontana destaca a parceria da Coamo com a Syngenta no projeto

Alunos do 6º ano do Ensino Fundamental das escolas estaduais de Ivaiporã participaram, na semana passada, da entrega da premiação do projeto Escola no Campo, desenvolvido pela Syngenta com a Fundação Abrinq, e realizado em parceria com a Coamo e o Núcleo Regional de Educação de Ivaiporã.

A parte pedagógica do projeto é desenvolvida pelo Fundação Abrinq, e trabalha nas áreas de saúde, segurança alimentar, agricultura, meio ambiente e direitos da criança e adolescente, que estão contemplados dentro do currículo das matérias do 6º ano, e é composta por atividades lúdicas.

A Syngenta, que realiza esse projeto há 20 anos, atendeu cerca de 400 mil crianças em 15 estados. Com o Núcleo Regional de Educação de Ivaiporã são três anos de parceria, sendo dois anos desenvolvidos com as escolas de Ivaiporã. No ano passado, o projeto foi realizado em Manoel Ribas.

Segundo o agrônomo e representante da Syngenta na região, José Carlos dos Santos, o projeto Escola no Campo está inserido em um projeto mundial da multinacional, The Good Growth Plan que é baseado em três pilares principais: “Mais Alimentos e Menos Desperdício”; “Mais Biodiversidade, Menos Degradação”; e “Mais Saúde e Menos Pobreza”. O propósito do projeto é abordar temas como meio ambiente, produção de alimentos e direitos das crianças e adolescentes e reduzir o êxodo rural. “O que pretendemos incentivar é que as crianças busquem o conhecimento fora, mas que retornem ao campo, para repassar o que aprenderam aos pais que ficaram, ajudando a implantar novas tecnologias no campo”, comenta o agrônomo.

Imagem da notícia.

O projeto apresentou excelentes resultados. No Colégio Estadual Antônio Diniz Pereira, por exemplo, um dos professores trabalhou a separação correta do lixo em casa; os alunos gravaram vídeos que foram compartilhados nas redes sociais. “A nossa preocupação, junto com a Coamo, parceira no projeto, é produzir mais e também preservar mais”, comenta o agrônomo.

O gerente da unidade da Coamo de Ivaiporã, Domingos Carlos Fontana, destaca que a Coamo também desenvolve uma série de programas voltados à sustentabilidade e ao meio ambiente. “Esse nosso projeto com a Syngenta reforça o vínculo da criança com o campo e com a atividade agrícola, incentivando a produção de alimentos, mas não se esquecendo de pensar na preservação dos recursos naturais, na biodiversidade e na produção com sustentabilidade”, ressalta.

A chefe do Núcleo Regional de Educação de Ivaiporã, Sandra Reis Bueno, destacou a importância da parceria entre as escolas, com a Syngenta e a Coamo, e que essa é uma forma de aproximar as escolas do campo. “Essas informações e inovações são importantes, pois, muitas vezes, os pais não têm essas informações e, com essa parceria, conseguimos trabalhar de forma pedagógica com os alunos, conscientizando-os do que pode ser aproveitado”, comenta Sandra Reis.

A finalização do projeto foi o encerramento do concurso de desenho e frase, realizado em todas as escolas. O melhor trabalho, que mais tinha relação com o tema proposto, em cada escola, ganhou uma bicicleta. O segundo e terceiro colocados também receberam prêmios.

Alunos do Colégio José de Mattos Leão participam da cerimônia de premiação

José Carlos dos Santos – representante da Syngenta na região Vale do Ivaí

Premiados do Colégio Antônio Diniz Pereira posam com professores e representantes parceiros

Alunos do Barão do Cerro Azul recebem prêmios

Sandra Reis Bueno – chefe do Núcleo Regional de Educação de Pitanga

Bento Mossurunga recebe prêmios do programa Escola no Campo

Colégio Idália Rocha participa do projeto

Roseli Aparecida Vieira – coordenadora de Educação no Campo do Nre de Ivaiporã

O Colégio Estadual Nilo Peçanha de Jacutinga premia os alunos do projeto

Alunos da Escola Estadual de Santa Bárbara recebem prêmios

Comentários