Estado recupera rodovia próxima a Nova Tebas

Obras são executadas no trevo de acesso a Nova Tebas

Obras são executadas no trevo de acesso a Nova Tebas

Os usuários da rodovia PR-487, que passam pelo trevo de acesso ao município de Nova Tebas, estão percebendo a realização de obras para melhorar e adequar o trevo de acesso à cidade. No local estão sendo executadas obras de drenagem e terraplanagem e ainda estão previstos servidos de fresagem, remendos superficiais e profundos e cobertura de capa asfáltica em toda a extensão do trevo, além da recuperação da sinalização horizontal e vertical do local. Os trabalhos fazem parte dos serviços iniciados no mês de outubro, de recuperação da rodovia PR-487 entre o Rio Muquilão até o entroncamento com a PR-485, totalizando 12,7 quilômetros de extensão. O investimento é do Governo do Estado, execução da Empreiteira Dalba, no valor de R$ 14,7 milhões e prazo de 12 meses.

O prefeito de Nova Tebas, Clodoaldo Fernandes dos Santos, destaca que dois projetos foram protocolados junto ao Governo do Estado; além da recuperação completa da rodovia que passa por Nova Tebas, também foi solicitada a construção do acostamento da rodovia entre o município e o trevo de acesso. “Esse investimento é essencial, pois é grande o número de acidentes nesse trecho e o fato da sinalização e do pavimento estarem comprometidos faz com que o número de acidentes seja grande nesse trecho”, comenta o prefeito.

Para ele, o tráfego de veículos e caminhões por essa rodovia é intenso, principalmente por aqueles que seguem de Campo Mourão e Umuarama com destino aos portos do sul e, por isso, é fundamental que a pista esteja em condições de tráfego.

Recuperação da PR-466

O jornal Paraná Centro questionou o DER (Departamento de Estradas de Rodagem), órgão ligado a SEIL (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística) sobre as condições da rodovia PR-466, especialmente no trecho entre Pitanga e Manoel Ribas, onde o número de buracos cresceu muito nos últimos meses, em função das chuvas. Relatos na internet apontam um número considerável de motoristas que perderam pneus ou tiveram danos em seus veículos em função das condições do pavimento. No período noturno, a viagem fica ainda mais perigosa, já que pintura está desgastada e o trecho é sujeito à neblina, especialmente após dias nublados e chuvosos.

Segundo o DER, esse trecho da rodovia está inserido em um dos lotes do Programa Estadual de Recuperação e Conservação de Rodovias (PERC II), que abrange 342,6 quilômetros de rodovias da região, totalizando R$ 62,3 milhões em investimentos. Só nos 128,8 km na PR-466, do acesso a Furnas, passando por Manoel Ribas, até Guarapuava, no entroncamento com a BR-277, serão aplicados R$ 21,9 milhões nos próximos 36 meses, nos serviços do subprograma CREMEP (Conservação e Recuperação Descontínua com Melhoria do Estado do Pavimento).

O Governo do Estado informou que a partir desse mês de dezembro devem ter início as intervenções como tapa-buracos, visando a segurança dos usuários e que, no final de janeiro, devem ser iniciados os serviços de recuperação do pavimento, como remendos superficiais e profundos, micro revestimentos asfálticos, recapeamento e sinalização horizontal.

Comentários