Pitanga lança programa Saúde nos Bairros

Programa começa neste sábado, dia 24 de novembro

Programa começa neste sábado, dia 24 de novembro

A Prefeitura de Pitanga lança, no dia 24 de novembro, a partir das 9h00, na Escola Municipal José Bittencourt, o programa Saúde nos Bairros, que visa, além de facilitar o acesso aos serviços de saúde, também levar outros serviços públicos prestados pelos órgãos da administração municipal, como Esporte, Educação, Indústria e Comércio.

Segundo a secretária de Saúde de Pitanga, Emily Sakurai, inicialmente a ideia era envolver apenas o setor de saúde do município, mas a partir da elaboração do projeto, foram adicionados novos serviços para, além de melhorar a qualidade de vida do cidadão, facilitar o acesso a serviços públicos, em um horário diferenciado e de forma ampla. “A finalidade desse projeto é integrar a família com seu bairro e proporcionar uma participação efetiva e colaborativa da comunidade, buscando melhorar a construção da identidade dos cidadãos”, cita a secretária de Saúde.

Entre os serviços que serão oferecidos pela Saúde, por exemplo, estão a coleta de preventivo, solicitação de mamografia, exames para tuberculose, vacinação para todos os grupos, avaliação nutricional, agendamento de exames nutricionais, teste rápido de DST. Já a Secretaria de Indústria e Comércio oferecerá a confecção de identidade e carteira de trabalho e o Esporte desenvolverá atividades esportivas com os pais e pessoas que não têm acesso à prática de esportes.

Segundo Emily Sakurai, muitas pessoas ainda não têm conhecimento de todos os serviços que o município oferece e essa também é uma forma de divulgar estes serviços.

Nesse ano, apenas um evento será realizado, mas a ideia, a partir de 2019, é que o Saúde nos Bairros aconteça pelo menos uma vez por mês. Para o prefeito Maicol Barbosa, além de cumprir com compromissos de campanha, a iniciativa também vai ajudar os cidadãos a acessar alguns serviços simples, como, por exemplo, tirar uma carteira de identidade.

A proposta da prefeitura também é conseguir um ônibus, que será adaptado como consultório móvel; mas, por enquanto, as ações serão realizadas nas escolas. “Vamos nos aproximar da comunidade, ouvir o cidadão e estimular o diálogo das pessoas com a prefeitura”, destaca o prefeito Maicol Barbosa.

Comentários