Sindicato Rural constrói um dos maiores centros de eventos da região central

Centro de Eventos entra na fase de acabamentos

Centro de Eventos entra na fase de acabamentos

O Sindicato Rural de Pitanga está construindo um dos maiores e mais modernos centros de eventos da região central do Paraná. Localizado às margens da PR-466, no sentido Guarapuava, a cerca de 1 quilômetro do trevo de acesso a Pitanga, o Araucária Centro de Eventos já está com boa parte de sua infraestrutura adiantada. Na semana passada, o presidente da entidade sindical, Luiz Carlos Zampier, e o mobilizador do Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) na região, Elias Harmuth Júnior, visitaram a construção.

A parte de estrutura de pré-moldados e cobertura já está pronta, além do piso do salão de eventos, que terá 1,6 mil m² e contará com banheiros masculino e feminino e para portadores de necessidades especiais, recepção, palco, cozinha, churrasqueira e bar. O espaço terá capacidade para acomodar até 1,2 mil pessoas sentadas ou até 3 mil pessoas em pé, no caso de show artístico. Anexo ao centro de evento está sendo construída uma pista de arremates, que será ligada a um barracão coberto, com cerca de 3 mil m², onde serão instaladas 60 mangueiras com capacidade para receber até 1,2 mil animais para leilão.

Uma parede vai isolar a pista de arremates em eventos sociais, como casamentos, aniversários, jantares, formaturas, entre outros.

A partir dessa semana, começa a montagem das mangueiras no barracão coberto, bem como o início do trabalho de acabamento no centro de eventos, que deve ficar pronto entre os meses de fevereiro e março de 2019. A inauguração está prevista para o mês de maio e já está programado, para o dia 19 de maio, um grande leilão com pelo menos mil bezerros, sendo que a maioria será da raça Angus, com certificação.

Segundo Zampier, essa obra é o resultado de um planejamento de aproximadamente 10 anos, quando a diretoria do sindicato começou a planejar algum investimento que resultasse em fonte de renda para a entidade e que pudesse substituir a contribuição sindical, que atualmente não existe mais. “Já imaginávamos isso há 10 anos e estamos realizando esse investimento agora, que vai proporcionar uma renda ao sindicato, e que possibilitará que a entidade continue com as portas abertas e com o atendimento normal ao associado, sem o risco de fechar por falta de recursos”, frisa Zampier.

Centro de Leilões

O centro de leilões será certamente um dos maiores da região central e a ideia do presidente do Sindicato Rural é recuperar a praça de Pitanga, que há anos não tem um espaço adequado para a realização de eventos de compra e venda de animais. Esse é o maior espaço coberto para leilões na região e também o mais moderno que está sendo montado. “A nossa diretoria formou uma equipe, que está tratando apenas da construção, e está empenhada para que a obra aconteça com agilidade, e isso já está ocorrendo, evitando a falta de material e contribuindo para que tudo ocorra da melhor forma possível”, disse o presidente do Sindicato Rural de Pitanga.

Elias Júnior e Luiz Carlos Zampier mostram espaço das mangueiras, que começa a ser montado nessa semana

Elias Júnior e Luiz Carlos Zampier mostram espaço das mangueiras, que começa a ser montado nessa semana

Comentários