Escolas municipais de São João do Ivaí promovem Feiras de Empreendedorismo

Alunos vão expor e comercializar os produtos criados durante o curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP)

Primeira feirinha foi realizada pela Escola Municipal Zacarias Góes Vasconcelos, em outubro. Por: Divulgação

Primeira feirinha foi realizada pela Escola Municipal Zacarias Góes Vasconcelos, em outubro

Fonte: Divulgação

As escolas municipais do município de São João do Ivaí vão realizar, durante o mês de novembro, Feiras de Empreendedorismo para expor e comercializar os produtos criados pelos alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental, que receberam a metodologia do Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), do Sebrae/PR. Cerca de 620 crianças participaram das atividades aplicadas durante o ano para fomentar a educação e a cultura empreendedora.

A consultora do Sebrae/PR, Joelma Barbosa Katto, destaca que as feirinhas serão realizadas individualmente em cada escola e serão abertas para as famílias e comunidade em geral. Ela ressalta que o JEPP tem a missão de desenvolver nas crianças atributos e atitudes necessários para que elas sejam capazes de gerenciar a própria vida, seja no campo pessoal, profissional e social. “Queremos incentivar nas crianças a cultura do ‘eu posso, eu consigo’”, complementa.

A Escola Municipal Zacarias Góes Vasconcelos foi a primeira a promover a feirinha, no mês de outubro. Márcia Siqueira Hansen, funcionária da escola, diz que a feira foi um sucesso e contou com a participação da comunidade local. Plantas, aromatizantes, sabonetes, pratos doces e salgados foram comercializados durante o evento. O dinheiro arrecadado pelos alunos será usado para atividades de recreação. “Os estudantes se envolvem bastante com o projeto, o JEPP agrega muito conhecimento”, afirma.

A coordenadora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação e responsável pelo JEPP em de São João do Ivaí, Zita da Silva Rodrigues Lima, conta que o projeto foi implantado nas escolas em 2015. No início, houve certa resistência dos professores, que temiam que a aplicação da metodologia tirasse o tempo destinado ao conteúdo pedagógico previsto no currículo regular. “Mas esse medo foi desaparecendo conforme eles perceberam o interesse e envolvimento dos alunos e dos pais nas atividades do projeto”, afirma.

Os conteúdos do JEPP são trabalhados em sala uma vez por semana e as feirinhas apresentam os resultados do trabalho desenvolvido durante o ano para a comunidade. “Depois da feira, os professores fazem um último encontro para avaliar os resultados, fazer a prestação de contas e definir com os alunos como o dinheiro arrecadado será utilizado”, informa. A maioria das turmas investe os recursos em passeios e confraternizações.

Confira o cronograma das feirinhas em cada escola da cidade:

8 de novembro

Local: Escola Municipal Tancredo Neves

Horário: Período de aula

Local: Escola Municipal Nereu Ramos

Horário: 19h00

9 de novembro

Local: Escola Municipal Santa Teresinha

Horário: 19h00

14 de novembro

Local: Escola Municipal Jovita Cruz

Horário: Das 13h00 às 19h00

23 de novembro

Local: Escola Municipal Monteiro Lobato

Horário: Período de aula

Comentários