Eleições transcorrem de maneira tranquila em Ivaiporã

Eleitores votam em Ivaiporã

Eleitores votam em Ivaiporã

O pleito eleitoral transcorreu de forma tranquila nos municípios que compõem a Comarca de Ivaiporã. Eleitores se mobilizaram no domingo, dia 7 de outubro, e foram aos locais de votação para a escolha de presidente, governador, senador, deputados federal e estadual. Apenas no município de Jardim Alegre, uma pessoa foi detida, tentando fazer boca de urna, próximo a um local de votação. A Polícia Militar e a juíza eleitoral Adriana Marques dos Santos foram acionadas e prenderam a pessoa, que ficou na sede da 6ª Companhia Independente da Polícia Militar, até o encerramento da votação.

Em alguns locais, como no Colégio Barão do Cerro Azul, eleitores tiveram que esperar alguns minutos na fila de votaçao

Em alguns locais, como no Colégio Barão do Cerro Azul, eleitores tiveram que esperar alguns minutos na fila de votaçao

Também na área da Comarca, duas urnas precisaram ser substituídas, mas não houve atrasos na votação. No período da manhã, em alguns locais de votação, houve momentos de fila, mas nada fora do padrão de uma eleição com o preenchimento de seis votos. Já no período da tarde, na grande maioria dos locais de votação, não havia filas.

O promotor eleitoral Cleverson Leonardo Tozatte percorreu locais de votação nos quatro municípios da Comarca de Ivaiporã e considerou bem tranquila a situação das eleições. Ele destacou o aspecto limpeza das ruas, que ficou muito evidente nos locais de votação; poucos pontos tinham colinhas ou material de campanha e tudo bastante pontual. Ele disse que isso é uma evolução em comparação com eleições anteriores, quando a sujeira imperava em frente às escolas. Ele também elogiou a postura das coligações e partidos, que cooperaram evitando aglomerações próximas às seções eleitorais.

João Rubens Gaissler Wolff e Terezinha de Jesus Ribeiro Wolff votam no Colégio Tiradentes de Pitanga

João Rubens Gaissler Wolff e Terezinha de Jesus Ribeiro Wolff votam no Colégio Tiradentes de Pitanga

Ele ressaltou a importância da presença da promotoria e do juízo eleitoral próxima aos locais de votação e isso demonstra para a comunidade, que já conhece a seriedade do trabalho, que pode ficar mais segura com relação ao voto. “Isso também representa uma segurança para os mesários e os eleitores, que podem esclarecer algumas situações sobre o desenrolar da eleição”, disse o promotor.

A Juíza eleitoral Adriana Marques dos Santos, responsável pela 93ª zona eleitoral de Ivaiporã, comentou que a eleição transcorreu dentro da normalidade e apenas uma situação de denúncia de um eleitor, que não teria visto a foto do candidato, foi verificada em Jardim Alegre. No entanto, a denúncia não se confirmou.

Fiscal de prédio Sidnei e o promotor Cleverson Tozate conversam na Escola Municipal Bento Viana em Ivaiporã

Fiscal de prédio Sidnei e o promotor Cleverson Tozate conversam na Escola Municipal Bento Viana em Ivaiporã

Segundo a juíza, o que pode ter ocorrido é o eleitor ter errado a sequência de votação, digitado um número errado e assim não aparece a foto do candidato. Ela lembra que, como não houve o recadastramento biométrico obrigatório na Comarca de Ivaiporã, as urnas usadas na eleição na comarca são de 2008 e 2009 e elas podem ter demorado um pouco mais para apresentar a foto do candidato no momento do voto. “O que pode ter ocorrido é que o eleitor digitou o número do candidato e, na sequência, a tecla confirma e não esperou aparecer a foto, e isso não significa que não tinha a foto, apenas não deu o tempo de aparecer, mas o voto foi computado normalmente”, afirma a juíza eleitoral.

Pitanga

A eleição no município de Pitanga aconteceu de forma tranquila; em alguns locais de votação houve filas, mas de certa forma tudo transcorreu com normalidade. Apenas duas urnas tiveram que ser substituídas na Comarca. A Polícia Militar não registrou nenhum tipo de ocorrência com boca de urna.

Faxinal

Já no município de Faxinal foram registradas 3 ocorrências envolvendo crimes eleitorais, sendo que uma pessoa foi detida e um menor apreendido, acusados de boca de urna. Segundo o comando da 6ª Companhia Independente da Polícia Militar de Ivaiporã, neste domingo, dia 7 de outubro, foram mobilizados 70% do efetivo da Polícia Militar na região, que garantiu a realização de uma eleição bastante tranquila.

Movimento de eleitores foi intenso no Colégio Tiradentes

Movimento de eleitores foi intenso no Colégio Tiradentes

Comentários