Doenças mais comuns na primavera

Imagem da notícia.

A primavera traz um colorido especial, mas também pode trazer complicações para a saúde das crianças e até dos adultos. É preciso estar atento às doenças dessa estação.

A época mais bonita do ano, a primavera, também é o período em que algumas doenças podem aparecer ou complicar ainda mais. Todo cuidado é pouco, principalmente com as crianças, que acabam sendo mais suscetíveis a algumas alergias nessa época do ano.

As crianças costumam brincar nos parques onde existem muitas plantas. Com o desabrochar das flores, o pólen começa a se dispersar no ar e pode causar irritações nos olhos, resultando em casos de conjuntivite. O melhor a se fazer é manter os olhos sempre limpos e lubrificados e lavar eventualmente com soro fisiológico

Assim como na conjuntivite, o pólen pode irritar as vias aéreas causando rinite alérgica. A febre do feno é outro nome dado a essa rinite causada pelo pólen das plantas. Além disso, a mudança climática propicia irritações nas mucosas nasais e da garganta. Beber muito líquido, como água e sucos de frutas naturais, ajuda a amenizar a alergia.

As alergias podem se manifestar de diversas formas, como coceiras na pele, nariz pingando e olhos vermelhos. Casos graves envolvem fechamento da garganta e até parada respiratória. Com o aumento da polinização e dos insetos, as crises de alergia tornam-se muito mais comuns na primavera. Embora as alergias sejam, no geral, difíceis de serem antecipadas, o tratamento imediato evita a progressão dos sintomas e mais incômodos. Se a criança começou com algum sintoma de alergia, não hesite em procurar ajuda médica para dar a medicação adequada.

A asma é uma doença que pode complicar ainda mais na primavera. Como é uma doença que requer tratamento específico, converse com o pediatra assim que surgirem os primeiros sintomas.

Comentários