Mostra Cultural chama a atenção para cultura indígena

índios mostram dança típica

índios mostram dança típica

A Mostra Cultural do Colégio Estadual Indígena Cacique Gregório Kaekchot, de Manoel Ribas, reuniu cerca de 1,5 mil pessoas, entre alunos e visitantes de várias cidades da região, como Nova Tebas, Pitanga, Ponta Grossa e do próprio município de Manoel Ribas. A exposição aconteceu entre os dias 11 a 13 de setembro, nas dependências do colégio.

Durante os três dias, os membros da comunidade indígena mostraram um pouco da cultura e da história da reserva aos visitantes. Segundo a diretora da instituição de ensino, Patrícia Oenning, a mostra foi organizada de forma a valorizar a cultura indígena, pois muitas pessoas que residem próximo à terra indígena Ivaí, praticamente não conheciam a cultura local. “Em função disso, estamos divulgando com esse trabalho um pouco da língua, danças, lendas e jogos”, informa.

Visitantes conhecem um pouco da culinária indígena

Visitantes conhecem um pouco da culinária indígena

Foram montadas salas, onde o visitante teve contato com as vestimentas típicas e danças; culinária à base de carne de caça, raízes e plantas nativas; artesanato, que é a principal fonte de renda dos indígenas; espaço da sustentabilidade, que mostra a interação do índio com a natureza. A última sala tratou sobre as lendas e jogos indígenas. “É importante que a comunidade esteja mudando sua visão e isso também está refletindo aqui na aldeia, pois muitos membros da comunidade tinham vergonha da sua própria cultura e, a partir da realização da mostra, eles começaram a se sentir orgulhosos e percebem que a comunidade está valorizando e percebendo a riqueza e a identidade que eles preservam até hoje”, destaca a diretora.

Para o cacique Joel Brum, a realização anual desse evento contribuiu para que as pessoas tenham mais respeito pelos índios, pois ao conhecer a cultura, conhecem um pouco da história e, com isso, respeitam mais a cultura e a forma de ser dos nativos.

Entre os visitantes da feira, estavam a prefeita Bete Camilo, o vice-prefeito Moacir Comunello, os vereadores João Carlos Oliari e Marcelo Popilarz, que visitaram todos os espaços e destacaram o apoio às demandas e necessidades dos membros da Reserva Indígena Ivaí. “Acho muito importante que as pessoas conheçam essa cultura, que é diferenciada, mas percebam que eles são pessoas normais e que têm algo rico para mostrar, como o artesanato, o vestuário e a culinária; e quando as pessoas visitam esse local, elas saem com outra ideia de como é a vida dos membros da reserva”, destaca a prefeita de Manoel Ribas.

Bete Camilo e Patrícia Oenning mostram bolsa feita com artesanato kaingang

Bete Camilo e Patrícia Oenning mostram bolsa feita com artesanato kaingang

Comentários