Tragédia na Polícia Militar em Ivaiporã

Imagem da notícia. Por: Aldinei Andreis

Fonte: Aldinei Andreis

Uma tragédia abateu a 6ª Companhia Independente da Polícia Militar de Ivaiporã, na manhã deste domingo, dia 2 de setembro. Durante a troca de serviço, o policial militar Lucas Santos Araújo, 26 anos, por algum motivo que ainda será apurado, atirou contra uma viatura em que estavam três policiais. Segundo o tenente Gabriel, esse policial, que atirou contra os colegas, sofreu um procedimento administrativo há alguns meses, o que é relativamente normal para a correção de alguma atitude negativa. O soldado Santos, que atuava na cidade de Ariranha do Ivaí, estava na Companhia, no momento da troca de serviço e, devidamente fardado, sacou do revólver e atirou contra a viatura, sendo que um dos policiais militares que estava no interior do veículo foi o que conduziu o procedimento administrativo.

Segundo informações extra-oficiais, o sub-tenente Luiz Antônio Abbá foi atingido e morreu na hora, e o soldado Robson Alves Medina foi gravemente ferido e encaminhado ao Hospital Bom Jesus, onde faleceu na manhã de domingo, 2 de setembro; e um terceiro policial, que estava no interior da viatura, não teve ferimentos.

Ainda segundo o tenente Gabriel, Santos continuou atirando contra outros policiais que estavam na sede da PM de Ivaiporã. Os demais revidaram e o atirador saiu da companhia. “Não sabemos se ele foi alvejado ou não, ainda não temos essa informação, mas ele saiu da Companhia e pode ter efetuado um disparo contra a própria cabeça, morrendo na hora”, afirma o tenente Gabriel.

A Polícia Miliar fez o isolamento do local e espera a chegada do Instituto de Criminalística. O comando da Cia Independente está em contato com os familiares das vítimas e será aberto um procedimento administrativo para apurar o que houve.

Durante o dia, uma nota oficial deve ser emitida com mais detalhes sobre o ocorrido.

Imagem da notícia. Por: Aldinei Andreis

Fonte: Aldinei Andreis

Comentários