Agricultores participam de palestra sobre utilização correta de agrotóxicos

Agrônomo destaca medidas para pulverização eficiente

Agrônomo destaca medidas para pulverização eficiente

O Sindicato Rural de Ivaiporã, em parceria com a Emater e o Departamento municipal de Agricultura, realizou, na semana passada, uma palestra com o agrônomo Nelson Harger, que abordou o tema “Tecnologia de Aplicação de Agrotóxicos”. Para o técnico da Emater, o agrotóxico é uma ferramenta necessária para a produção agrícola, mas que precisa ser usada com critério e dentro das normas. “O agrotóxico é muito importante para o controle de pragas, doenças e ervas daninhas, mas precisa ser usado com critério e, de forma geral, usamos defensivos acima da necessidade”, afirma.

Ele destaca, por exemplo, que trabalhos realizados no Paraná, com controle de pragas, em parceria com a Embrapa, apontam que é possível baixar cerca de 2 aplicações por safra de inseticida, fazendo apenas o monitoramento das lavouras. “O produtor poderia ter de 5 ou mais sacas de lucro por alqueire, se fizesse esse monitoramento e aplicasse no momento ideal”, frisou.

Ele destaca que o uso excessivo de herbicidas faz com que as doenças, pragas e ervas daninhas criem resistência e, depois de algum tempo, não surtam mais o mesmo efeito, por isso a importância de usar os agrotóxicos com critério.

Tecnologia de aplicação

Harger também falou sobre a importância da adoção das tecnologias de aplicação e destacou que essa é uma área importante e que ainda é preciso avançar muito, para que a aplicação aconteça com qualidade e o controle de pragas e doenças seja mais efetivo. “Usando a tecnologia certa, evitamos problemas de ter que refazer aplicações, por problemas de deriva ou por ineficiência da aplicação”, comentou.

Ele destaca que é preciso investir em programas de tecnologia de aplicação para que o produtor possa melhorar suas técnicas e, com isso, não perca dinheiro. “O produtor está interessado em melhorar suas aplicações, mas falta técnica e treinamento para que ele faça as aplicações da forma correta”, comentou.

Para o presidente do Sindicato Rural de Ivaiporã, Lourival Goes, a motivação para a realização dessa palestra tem a ver com o debate que está ocorrendo no Congresso Nacional, para a regulamentação da nova lei dos agrotóxicos e também por estar às vésperas do plantio de soja. Além disso, o Ministério Público vem cobrando dos produtores mais cuidado na aplicação dos defensivos químicos e a utilização de equipamentos de segurança por parte dos operadores e, por esse motivo, fizemos parceria com essas entidades para conseguir orientar melhor o produtor rural. “Entendemos um pouco essas cobranças, e o produtor sabe que é uma situação perigosa e que demanda de mais cuidados”, disse o presidente do Sindicato Rural de Ivaiporã.

Comentários