Vacinação contra febre aftosa é prorrogada até 15 de junho

Imagem da notícia.

A Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) prorrogou a campanha estadual de vacinação contra febre aftosa para o dia 15 de junho. A campanha, que está em curso, seria encerrada no dia 31 de maio. Mas em decorrência da greve dos caminhoneiros, que afetou a distribuição e venda de vacinas, a campanha foi prorrogada.

De acordo com a veterinária Juliana Seixas Pelloso, essa prorrogação segue a recomendação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que adotou a medida em todo o País. “Por causa da greve, houve um desabastecimento nas vacinas em lojas veterinárias e, consequentemente, o produtor teve dificuldade para vacinar os animais”, explicou a veterinária.

Conforme Juliana Pelloso, nessa primeira etapa da campanha, promovida em maio, é obrigatória a vacinação e a comprovação da vacina de bovinos e bubalinos de zero a 24 meses.

No entanto, em Ivaiporã, a estimativa é que 91% do rebanho já tenham sido imunizados, enquanto nos outros 20 municípios da área de abrangência da Adapar na região, a meta também está próxima de ser atingida. “Quem ainda não vacinou procure uma loja veterinária até o dia 15, sendo importante comprovar essa vacinação”, completou Juliana Pelloso.

Já no Paraná, estima-se um rebanho de 4,2 milhões de cabeças nessa faixa de idade que precisam ser vacinadas e comprovadas. Segundo a Adapar, até a presente data, houve a comprovação de vacinação de 70% do rebanho envolvido nesta etapa.

Com esse novo prazo, espera-se regularização do estoque de vacina nos revendedores, e que os produtores rurais tenham maior autonomia para a vacinação e a sua comprovação.

A vacinação no Paraná é obrigatória para bovinos de búfalos com até 24 meses de idade. A dose da vacina é de 5 ml para todos os animais, independente do peso e tamanho. Ao comprar a vacina nas casas agropecuárias, o produtor deve obter a Nota Fiscal de compra da vacina e o Comprovante de Vacinação e Atualização Cadastral. O comprovante deverá ser entregue nas Unidades Locais da Adapar até o dia 15. A comprovação também pode ser feita pela internet, acessando a página da Adapar em www.adapar.pr.gov.br.

Produtores tem até dia 15 para comprovar vacinação no rebanho. Por: Divulgação

Produtores tem até dia 15 para comprovar vacinação no rebanho

Fonte: Divulgação

Comentários