Mudas de café começam a ser distribuídas a produtores de Lidianópolis

Autoridades municipais mostram mudas de café

Autoridades municipais mostram mudas de café

A falta de chuvas atrasou o início do plantio, mas a expectativa é que, nessa semana, os produtores de Lidianópolis comecem a receber as mudas de café que foram produzidas no viveiro municipal e que serão distribuídas gratuitamente aos inscritos no programa.

O prefeito Adauto Maudu, o vice-prefeito Aparecido Buzato, o secretário de Agricultura Luiz Carlos da Silva (Casagrande) e o técnico agrícola Ricardo Betram foram verificar as mudas que serão entregues aos produtores. Mandu elogiou a qualidade das mudas produzidas e lembrou o apoio do agrônomo Pablo Sanchez, da Emater de Ivaiporã, que tem acompanhado o desenvolvimento do trabalho. “Com certeza, os produtores de Lidianópolis terão mudas de boa qualidade”, frisou.

Alguns produtores já estão preparando as áreas de plantio e devem retirar as mudas nos próximos dias. A produção das mudas ocorreu de forma solidária, os produtores beneficiados entraram com a mão de obra e a prefeitura adquiriu os insumos e materiais para a produção, além de ceder o espaço e a irrigação.

Segundo o prefeito Adauto Mandu, a ideia é ampliar o viveiro, para que mais mudas possam ser produzidas e mais produtores possam ser beneficiados. No mesmo local já estão plantadas cerca de 4 mil mudas de maracujá, que devem estar prontas até o início da primavera.

Segundo o técnico agrícola, Ricardo Betram, a falta de chuva durante o mês de abril e início de maio atrasou o plantio e o preparo das terras, mas as mudas já estão no ponto e a expectativa é que dentro de alguns dias elas irão para o campo. No total, foram produzidas 23 mil mudas de café, sendo que cada cafeicultor vai receber 2,3 mil unidades. O técnico lembra que o café tem uma função social importante para a economia de Lidianópolis; ele destaca que a cultura, além de gerar renda no campo, também contribui para que os produtores com pouca área possam ter uma renda extra.

O município deve entregar também, dentro de 45 dias, mudas de goiaba, abacate, banana e também café, que foram adquiridas por meio do programa que conta com recursos dos cofres municipais. “O programa está sendo muito bem-aceito pelos produtores, pois a nossa intenção é que o pequeno produtor possa ter renda e assim se manter na atividade rural, para não ir embora para outros centros”, comentou o prefeito.

Ele lembrou o bom resultado obtido com o maracujá. Dez produtores de Lidianópolis plantaram a fruta pela primeira vez, no ano passado e, apesar de algumas dificuldades, a produção foi considerada positiva. Em média, os produtores conseguiram uma renda extra de R$ 9 mil com a cultura. “Com certeza, isso ajudou para que eles pudessem complementar sua renda”, destacou.

Feira do Produtor

Uma novidade implantada na atual gestão foi a Feira do Produtor, que possibilitou um espaço de comercialização dos produtores rurais de Lidianópolis e também um local onde a população possa ter acesso a produtos com excelente qualidade e direto do produtor rural. “Estamos trabalhando em todas as pontas, na produção e ajudando o produtor na comercialização”, comentou o prefeito.

Comentários