Prefeito de Ivaiporã cobra agilidade no projeto da Delegacia Cidadã

Autoridades conversam com novo secretário de estado da Segurança, Júlio Reis

Autoridades conversam com novo secretário de estado da Segurança, Júlio Reis

O prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, o deputado estadual e secretário de estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Artagão Júnior, e o ex-prefeito Carlos Gil participaram nesta terça-feira, dia 6 de março, de uma audiência pública com o secretário de estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Júlio Reis. Um dos assuntos em pauta foi a construção da Delegacia Cidadã de Ivaiporã.

O processo licitatório da obra, de cerca de R$ 4,5 milhões, foi suspenso no final do ano passado pelo Tribunal de Contas do Estado devido a contestações no projeto.

“O processo se encontra na Paraná Edificações. Vamos trazer para Sesp e fazer uma nova licitação, com o orçamento de 2018”, garantiu Reis, que assumiu a secretaria em fevereiro deste ano. “Pedimos agilidade, pois é uma obra que há muito tempo está em fase de projeto. Precisamos evoluir nesta questão para podermos começá-la o quanto antes”, reforçou Aragão Júnior.

Segundo Miguel Amaral, atualmente a cadeia pública de Ivaiporã está superlotada com cerca de 170 presos, sendo que a capacidade não passa de 40.

A Delegacia Cidadã faz parte do projeto Paraná Seguro, lançado em 2012, pelo Governo do Estado. A unidade terá áreas isoladas para mulheres, crianças e idosos. A Delegacia Cidadã não terá carceragem e sim celas para custódia daqueles que aguardam transferência para outros municípios.

Ainda na reunião, Artagão Júnior buscou informações sobre a nova sede do Corpo de Bombeiros. A obra, orçada em R$ 7,5 milhões, com aproximadamente 4 mil m², está prestes a ser licitada. O projeto se encontra na Secretaria da Fazenda e aguarda autorização do secretário Mauro Ricardo Costa.

Comentários