Motoristas devem inspecionar veículos antes de pegar estrada

Sargento Oseias da Rosa é comandante da Polícia Rodoviária de Porto Ubá

Sargento Oseias da Rosa é comandante da Polícia Rodoviária de Porto Ubá

Além de intensificar a fiscalização no período de final de ano, a Polícia Rodoviária de Ubá do Sul orienta os motoristas que vão utilizar as rodovias, especialmente em viagens de férias, que devem ficar atentos à revisão de seus veículos. O sargento Oseias da Rosa, comandante do posto da Polícia Rodoviário, ressalta que, antes de pegar a estrada, o condutor deve estar atento às condições de segurança do carro, como freios, suspensão e pneus, principalmente porque alguns trechos das estradas da região estão com o pavimento muito danificado.

“O verão é uma estação de muitas chuvas e, se o carro está com pneus lisos, a chance de acidente em uma escapada de curva ou de uma derrapagem é muito grande”, comenta. Ele também destaca que os motoristas devem olhar a parte mecânica para conseguir realizar uma viagem segura. Outro fator que precisa ser observado é o tempo de viagem. O condutor deve sempre sair com antecedência e, principalmente, em uma viagem de férias deve curtir o passeio e não ter pressa para chegar. “Ele deve respeitar as normas vigentes, para que tenha uma viagem satisfatória”, relata.

Para o ano de 2018, a Polícia Rodoviária deve intensificar a fiscalização de velocidade nas estradas que cortam a região, principalmente nos pontos onde ocorreu um maior número de acidentes. Até o dia 22 de dezembro, foram 191 ocorrências registradas, sendo que 13 pessoas perderam a vida nesses choques. A ideia, segundo o comandante da Polícia Rodoviária, é intensificar a fiscalização utilizando o radar móvel. Ele destaca, por exemplo, que um dos locais onde mais ocorreram acidentes, no ano passado, foi no trecho entre o trevo secundário de Ivaiporã até o trevo de Arapuã. “Esse é um local de boa visibilidade, sem muitas curvas, mas os motoristas não respeitam a velocidade máxima permitida”, comentou o comandante do posto, que atende 18 municípios, cobrindo 313 quilômetros de 11 rodovias estaduais.

Comentários