Prefeitura de Lunardelli e UFPR fecham parceria para diagnóstico de reservas de preservação

Estudos vão indicar diagnóstico da Mata Suíça

Estudos vão indicar diagnóstico da Mata Suíça

A Prefeitura de Lunardelli fechou, recentemente, uma parceria com o curso de Engenharia Agrícola do campus da Universidade Federal do Paraná (UFPR) de Jandaia do Sul, com o objetivo de realizar um diagnóstico sobre as RPPN (Reserva de Proteção do Patrimônio Natural) existentes no município, as matas Suíça I e II, que ocupam cerca de 1,3 mil hectares. O prefeito de Lunardelli, Reinaldo Grola, comentou que o plano de manejo das RPPN´s é um documento obrigatório e que norteia o trabalho que deve ser feito dentro da reserva, com o objetivo de preservar e conservar a área de mata. Para o município, o valor seria muito alto se fosse para ser todo bancado pelos cofres municipais. “O deputado federal Alex Canziani intermediou essa parceria com a Universidade Federal do Paraná, através da Empresa Júnior, que vai elaborar o plano de manejo para as duas reservas de proteção”, disse o prefeito.

A expectativa é que, até o mês de abril, esse diagnóstico esteja pronto e apresente um relatório completo da RPPN, como tipo de mata e vegetação, exemplares de fauna e flora existentes no local e o que será preciso fazer para a preservação das espécies.

O secretário municipal de Turismo de Lunardelli, Francisco Aparecido Izidoro, comentou que todos os aspectos que compõem as áreas de preservação serão levados em consideração nesse Plano de Manejo, inclusive a qualidade do solo, água, áreas de nascentes, ente outros e que isso será fundamental para ações de preservação da RPPN. Ele ressalta que a fauna da área de mata é bastante diversificada e que já se sabe da presença de vários espécimes de macacos, além de quatis, pequenos roedores, jaguatirica e veados. “Mas esse diagnóstico vai nos dar uma noção exata do que temos aqui na RPPN”, disse o secretário de Turismo.

Comentários