Coesão textual II

Devido à questão de espaço, as Dicas de Língua Portuguesa da edição anterior foram divididas em duas sequências, assim, esta é a segunda parte dos elementos coesivos, mecanismos linguísticos que permitem uma sequência lógico-semântica entre as partes de um texto.

Uma redação é um texto organizado em torno de uma ideia, de um sentido. Essa organização obedece a certos princípios, de modo que se crie um todo significativo, cumprindo um objetivo e uma determinada situação. Em um texto coerente, todas as partes se encaixam, se completam, portanto, não pode haver partes que destoem ou contradigam as demais partes do texto. As conexões entre as partes internas da redação chama-se coesão textual e está diretamente ligada às conexões gramaticais devido às conjunções (ou locuções conjuntivas) das quais elas são formadas. Entre os elementos que garantem a coesão de um texto, tem-se:

· Adição, continuação: além disso, ademais, outrossim, ainda mais, por outro lado, também, e, nem, não só ... mas também, não só...como também, não apenas ... como também, não só... bem como, com, ou (quando não for excludente).

· Dúvida: talvez, provavelmente, possivelmente, quiçá, quem sabe, é provável, não é certo, se é que.

· Certeza, ênfase: decerto, por certo, certamente, indubitavelmente, inquestionavelmente, sem dúvida, inegavelmente, com toda a certeza.

· Surpresa, imprevisto: inesperadamente, de súbito, subitamente, de repente, imprevistamente, surpreendentemente.

· Ilustração, esclarecimento: por exemplo, só para ilustrar, só para exemplificar, isto é, quer dizer, em outras palavras, ou por outra, a saber, ou seja, aliás.

· Propósito, intenção, finalidade: com o fim de, a fim de, com o propósito de, com a finalidade de, com o intuito de, para que, a fim de que, para.

· Lugar, proximidade, distância: perto de, próximo a ou de, junto a ou de, dentro, fora, mais adiante, aqui,além, acolá, lá, ali, este, esta, isto, esse, essa, isso,aquele, aquela, aquilo, ante, a.

· Resumo, recapitulação, conclusão: em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, desse modo, logo, pois (entre vírgulas), assim sendo, dessarte, destarte (Os vocábulos destarte e dessarte, nascem do encontro do demonstrativo esta, essa com o substantivo arte: desta arte = destarte; dessa arte = dessarte. Significam deste (ou desse) modo, desta (ou dessa) forma).

· Causa e consequência: por consequência, por conseguinte, como resultado, por isso, por causa de, em virtude de, assim, de fato, com efeito, tão (tanto, tamanho) ... que, porque, porquanto, pois, já que, uma vez que, visto que, como (= porque), portanto, logo, que (= porque), de tal sorte que, de tal forma que, haja vista.

· Contraste, oposição, restrição, ressalva: pelo contrário, em contraste com, salvo, exceto, menos, mas, porém, contudo, todavia, entretanto, no entanto, embora, apesar de, ainda que, mesmo que, posto que, posto, conquanto, se bem que, por mais que, por menos que, só que, ao passo que.

· Ideias alternativas: Ou; ou... ou; quer... quer; ora...ora.

Comentários