Secretaria de Agricultura alerta sobre descarte de embalagens de agrotóxicos

O descarte irregular na natureza pode ter alto risco de contaminação. Por: Divulgação

O descarte irregular na natureza pode ter alto risco de contaminação

Fonte: Divulgação

A Secretaria Municipal de Agricultura de Godoy Moreira alerta os produtores rurais sobre a forma correta de descarte das embalagens vazias de agrotóxico. Em nota encaminhada à imprensa, destaca que, de acordo com a lei 9.974/2000, os usuários de agrotóxicos e seus derivados devem efetuar a devolução das embalagens vazias, conforme as instruções previstas em suas respectivas bulas, dentro do prazo de até um ano, contado a partir da data de compra do produto. O descarte deve ser feito em postos e centros de recolhimento que estejam autorizados e que são fiscalizados pelos órgãos competentes.

Em função de alguns fatos recentes, a Secretaria de Agricultura comunica que é extremamente proibido o descarte de embalagens de agrotóxico nas dependências do aterro sanitário. A nota informa que esse não é o local adequado para a destinação, pois as embalagens, mesmo após a tríplice lavagem, são fontes de contaminação ambiental de alto risco. Além disso, elas não podem ser enterradas ou recicladas.

Caso o agricultor que adquiriu o produto, não faça o descarte correto das embalagens vazias, pode responder criminalmente por crime contra o meio ambiente.

Comentários